segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ajoelhou tem que rezar? Respondam!

Vamos aos fatos. Um homem tem uma noiva morando em outro estado e se sente no direito de dar suas escapadelas no seu melhor estado mau-caráter. Ele carrega uma aliança na mão direita enquanto dirige seu carro elegante a caminho de umas das regiões mais bem conceituadas de Brasília. Num bar, o meliante conhece uma mulher com idade e bagagens visíveis. Depois de tomarem todas, ele convida "Vamos viajar amanhã?". Ela topa, sabendo que estará amparada economicamente. Ele convida, sabendo que estará amparado sexualmente. E se vão pela estrada.

Chegando lá, mas que surpresa (e, talvez, vergonha... A questão é: para quem?): Ela não queria pagar o hotel e a gasolina com a perseguida. Na verdade, ela até se sentiu surpresa por ele exigir a retribuição. Exibiu-se na piscina com um biquíni micro, confessando a todos que já era avó com o peito inflado mais de silicone do que de orgulho. Mais tarde, usou uma saia que mais parecia um cinto e disse "não" a todas as investidas do sujeito pagante. Dormiram na mesma cama de casal e ela não se deixou tocar. Ele passou o seu mastercard e soube naquele momento que algumas coisas tem preço e são caras. Mesmo.

Não preciso dizer-lhes que voltaram emburrados para suas casas. Ela ainda usufruindo da gasolina do sujeito. Ele com fogo, não mais de tesão, e, sim, de ódio. Aí todo mundo que presenciou a cena ficou do lado do cara que, embora CACHORRO-SAFADO-SEMVERGONHA, estava com a intenção muito bem estampada no convite e a sujeita se passou por oportunista (e corajosa, já que viajou com um cara que acabara de conhecer numa mesa de bar...). Todos, inclusos aí terceira idade e adolescente dos dois sexos, disseram que o erro foi dela.

O que me intriga é... Aceitar um convite quando o cara entra com a grana é pressuposto para oferecermos o nosso corpo? Quer dizer, se me pagarem alguns drinks eu terei de retribuir, é isso? Ou vamos tornar as coisas bem subjetivas... Cada causo é um causo? Alguém aqui pode confessar que já pagou com favores sexuais o jantar para o sujeito? Algum homem pode dizer que ficou puto porque não lhe pagaram como o esperado? Respondam a enquete e comentem.

Ajoelhou tem que rezar?

Sim

Não

Talvez












Até a próxima!
sarita@corporativismofeminino.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Sarita às 00:01

26 comentários:

Eu... on 21 de fevereiro de 2011 01:15 disse...

Ajoelhou, levanta, limpa o joelho e segue a vida! Ele lava suas calcinhas?!

Ótemo post :)

on 21 de fevereiro de 2011 01:40 disse...

Como ela sai com um cara que acabou de conhecer? Oi?

Sarita on 21 de fevereiro de 2011 08:21 disse...

Também acho que ela bancou ALOK. hahaha

Vivis on 21 de fevereiro de 2011 09:18 disse...

Isso me lembra certos convites q eu recebo...
Por muitas vezes neguei saídas com caras malas (e daqueles bem sem alça ainda) alegando q estava sem dinheiro.
Na lata diziam: "Mas se o problema é esse, relaxa, eu pago pra vc ir lá comigo".

Ora, tem como não se sentir uma puta? O cara paga tudo e é claro q no fim vai exigir algo.

Angel on 21 de fevereiro de 2011 10:08 disse...

A questão não é pagar ou não um convite com favores sexuais. A questão é que, se uma mulher se propõe a passar por determinada situação com um homem, principalmente uma mulher madura como a descrita no texto, que se propôs a viajar com o sujeito, obviamente está implícito para ambos a expectativa de SEXO. E isso não é pagamento, é prazer recíproco. As mulheres precisam parar de se fazer de santa e desentendida, fingindo que só foram parar na casa dos caras altas horas da noite "só pra conhecer sua coleção de quadros". Esse pseudo-moralismno, sorry, queridas, não cola mais!

Deja disse...

Uma viagem é mais do que pagar uns drinks, dormir na mesma cama também... ela não deveria ter ido se não tivesse interesse maior...

Tata disse...

Concordo com dois comentarios...
"Como ela sai com um cara que acabou de conhecer? Oi?"

"Uma viagem é mais do que pagar uns drinks, dormir na mesma cama também... ela não deveria ter ido se não tivesse interesse maior..."

Cristalina on 21 de fevereiro de 2011 14:47 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bárbara Marinho on 21 de fevereiro de 2011 14:51 disse...

Convenhamos meninas,
90% dos convites que recebemos sabemos que tem um cunho sexual-possível ficada.
Atire a primeira pedra o homem que nunca convidou a mulher para um "ingênuo" cineminha, imaginando que ela daria mole no escurinho e que após o Mcdonalds a levaria para o motel e claro, na primeira noite a levará para a suíte. Certo de que ela retribuirá com o maior afeto e "atenção" possíveis.
O homem sempre espera retribuição por seus gastos financeiros, (exceto aquele amigo-quase-gay que sai conosco apenas para desfrutar de risadas e um ótimo papo (todo mundo tem um!!)).
E lógico, nós não somos ingênuas e sabemos as inteções de um carinha logo de início. Sentimos quando é só sexo, quando rola um pouco de sentimento, quando é só sentimento e não há apetite para o sexo, enfim.
As vezes cada uma de nós apenas adquire seus meios próprios de ora se achar/fazer de esperta, ora se deixando ser enganada.
Quando ela aceitou o convite sabia das intenções dele, mas fez c...doce ou pra deixar o cara doido por ela e pagando cada vez mais coisas na intenção que ela "liberasse". E ele foi burro o suficiente para não dar um chega pra lá na malandragem da "senhora" e partir pra outra puta, possivelmente bem mais barata!

Bjos meninas!!!!!!!
http://pensosintoedigo.blogspot.com

Anônimo disse...

O contrato já estava selado desde o momento que ela aceita viajar com o cara... Não quisesse, era só marcar saída num outro dia pra um lugar não tão íntimo.
Viaja junto e espera o que???
Ficar vendo filme abraçadinhos??

Se ele não tentasse nada você também ficaria paranóica pensando o que tinha de errado.

Bel on 21 de fevereiro de 2011 21:18 disse...

Como já disseram aí, uma mulher SABE quando a intenção do cara é acabar na cama, sendo o cara o pagante de tudo ou não.

Um lado meu acha errado ela ter aceitado sem ter a intenção de evoluir a relação íntima com o sujeito (Eu realmente não aceitaria!), mas outro lado de mim tá dando risada e dizendo BEM FEITO pro sujeito. É gentil pagar um jantar, um cinema, um drink....mas tem limites. É bom pra esse tipo de homem aprender que nem todas se "vendem" fácil, e da forma mais gostosa possível: levando um prejuizo e acabando sem sexo! hahaha...

Enfim, discordo da postura da mulher, mas de qualquer jeito, bem feito pra ele!!

Anônimo disse...

Concordo com o que a Barbara Marinho e a Angel disseram.
Eu mesmo não espero sexo em troca de um jantar. E é natural surgir expectativas para algo mais. Mas nunca é obrigatório.
Gosto de mulheres educadas, sem pseudo moralismo.
Na boa... sou educado com as pessoas. Acho justo receber a mesma sinceridade e educação que ofereço de volta. Sexo? Só se quiser dar... só não quero é ser feito de otário.

olivia on 22 de fevereiro de 2011 16:15 disse...

Até os mais inocentes sabem que omens sempre tem 2°,3° e 4° inteções...é qu enem eu escrevi no meu blog...não existe almoço de graça...se ele te convida pra almoçar,concerteza vc é a sobremesa...mais dai vc aceita se vc quer né...pode se proveitar da situação...ajoelha e reza depois...rsrsr

Balzaks on 22 de fevereiro de 2011 16:23 disse...

Não a vejo como uma safada. Há a hipótese de que ela já esteja cansada dessas intenções distorcidas dos homens. Também não concordo em banalizar esse tipo de 'pagamento'. Como se já devêssemos estar acostumadas. Não posso ser culpada por não me sujeitar a situações ditas normais, quando bizarras.
Não sabemos também o tipo de acordo feito pelas partes. O cara era um mala, que nem durante a viagem proprocionasse algum comichão na mulher? Sei lá. Situações vistas pela janela são difíceis de analizar.

Keila disse...

Engraçado... até agora não li ninguém comentando o fato de ele estar noivo. Acho que deveria ser a primeira coisa a ser vista. Ele é um canalha, com certeza. Ela, uma coroa que reconhece canalhas só pelo cheiro. Esperta também. Os dois são sem escrúpulos e cada um teve o que soube conquistar.

Dani on 22 de fevereiro de 2011 22:05 disse...

Bem feito para ele, né?
E não, ele não pode exigir nada só porque está pagando a conta.
E sim, ela é uma mulher muito corajosa e ingênua (vadia) de viajar com um desconhecido e achar que o convite partiu por causa do seu papo agradável.

beijo rouge

Dani

Jullyane on 23 de fevereiro de 2011 10:17 disse...

O cara é um mala, noivo, safado, que se queria sexo fácil, rápido e garantido deveria ter contratado uma garota de programa.

Vcs pararam pra pensar que a mulher pode até ter ido com intenção de ver o que rolava (até porque estavam bem implícito que poderia acontecer algo) e não se empolgou com o cara? Ela pode tê-lo conhecido melhor, o achado um babaca completo e perdido o tesão.

Não que eu concorde em ela ter ido viajar com um desconhecido, blá blá blá, mas não acho que se ela concordou em viajar tenha assinado um contrato afirmando que teria que dar pro cara. #fato

Bjo bjo

Anônimo disse...

Certa vez um rapaz me convidou para viajar com ele nas férias... mal nos conhecemos, achei estranho justamente por isso. Se ele queria uma companhia para passar as férias seria mais normal convidar alguem que conhecesse a longa data...

O convite me pareceu "um pedido de reza", já que ele mencionou que pagava tudo.
Cara, nós somos solteiros, qual seria o problema em se divertir juntos nas férias? Até porque, eu sou afim dele faz tempo.
Mas esse tipo de situação faz agente se sentir meretriz.

Se ele me chamasse para viajar nas férias sem oferecer o dinheiro, soaria melhor. E eu tambem não me sentiria na obrigação de pagar com meu corpitcho. (:

Site Relacionamentos.com on 23 de fevereiro de 2011 18:24 disse...

Olha o perigo aí...

Muitas vezes é a família dela que reza para ela depois!

Deja disse...

"O cara é um mala, noivo, safado, que se queria sexo fácil, rápido e garantido deveria ter contratado uma garota de programa."

tem mulheres não profissionais que também gostam de sexo casual... com comprometidos, inclusive.

talita. disse...

Bem feito pra ele. Of course.
Mas né,essa mulher tem sérios problemas de viajar com um desconhecido,tanta história bizarra que se vê por aí.
Mas que ela é safada é,viaja,deixa o cara pagar tudo,e ainda se finge de bobinha.

Nanda on 12 de março de 2011 02:31 disse...

Tá que o cara é um safado dentro do contexto e foi muito merecido o bolo que ele levou, mas que foi sem noção o que a tiazona fez, isso foi!

Não acho que nós, mulheres, devemos pagar com favores sexuais só porque o cara pagou a conta. O ponto é outro. Se o cara banca tudo, é um favor que ele faz, em uma situção em que, supostamente, AMBOS tirarão proveitos sexuais um do outro. Essa sim é a troca de 'favores'. Se o cara entra com a grana, também, temos mais é que agradecer. Homem cavalheiro tá em falta, né não?

Anônimo disse...

Eu não ligo se o cara quiser me pagar uns drinks e sei-la mais o que, acho uma demostração de interesse. Mas se não for mutuo deixe claro a situação para que depois o classico "vamos pra outro lugar" não se torne um constrangimento/decepção para ninguem. Se ainda assim ele insistir em bancar, eu penso que presentes são pra ser aceitos...

Anônimo disse...

Achei certo o que ela fez... com certeza ela sabia das intenções do cara. Mas ele devia ser um idiota e a única opção dela depois que ja tava la era usufruir... Adoreiiiii faria o mesmo...rs

Anônimo disse...

Ela achou o quê, que o cara ia sugerir uma viagem pra se divertir tomando sol?
Um convite desses é uma camuflagem. "Vamos viajar" significa na verdaade "vamos passar o fds inteiro f***endo". Ele foi um canalha fdp em fazer esse tipo de convite, mas ela tbm não é inocente pra achar que ele queria só passear.

IKG Designer - Artes Gráficas on 8 de novembro de 2014 08:56 disse...

Ajoelhou tem que rezar só para os que 'ainda' não perceberam que são Almas. Que não meros egos!
Se tivéssemos que ajoelhar seria Unicamente para o Eu Interno!
Mas, mesmo E'le não pede isso!
Pede, isso sim, que façamos a "ponte" para que E'le possa fazer "milagres"!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino