segunda-feira, 12 de julho de 2010

Moda Mônica

Se eu ditasse a moda, a moda seria ter todo um guarda-roupa de roupas iguais, como o guarda-roupa da Mônica e da Magali, sabem? (salve, Mauricio!)

Se vocês são dessas que abrem o guarda-roupa, pegam uma calça qualquer, uma blusa qualquer e vão que vão, parabéns! Eu não sou assim, eu praticamente provoco uma avalanche (de roupas) quando vou me vestir. Odeio, odeio! Tem blusinha que só fica boa com determinada calça e vice-versa. Sem falar daqueles dias em que a gente acorda se sentindo um lixo, parece que toda calça parece apertar sua bunda contra um vidro, que toda blusinha te deixa barriguda, que toda roupa que você coloca simplesmente NÃO PRESTA!

Nesses dias, não adiante insistir, por mais bela que você saia de casa, haverá aquele sentimento de AI-MEU-DEUS-TÔ-RIDICULA-E-NAO-TENHO-ROUPAS!

Isso quando a odisséia de escolher uma roupa não te tira o sono na noite anterior. Ai sim, ai sim é dolorido!

Mas sabe que ultimamente tem uma peça que tem me salvado? Os vestidos. Sim, eles.

Infelizmente não posso ter vários iguais como os da Mônica, senão pensariam que sou uma porca que não troca de roupas, ou que é o uniforme do meu trabalho, mas enfim.

Eu não tinha o costume de usar vestidos até pouco tempo atrás, até que, parafraseando minha amiga @paulavillas - descobrir que andar de pernas de fora é bom.

Digo isso não pelo fato andar de pernas de fora, claro! Mas se não sei o que vestir, o mais fácil é pegar um vestido e pronto. Um que não seja muito justo, nem grande, nem curto, serve pra quase tudo!

Ta difícil combinar a parte de cima com a parte de baixo da sua vestimenta? Vestido!

Acordou inchada e barriguda? Vestido!

Sua calça favorita está pra lavar? Vestido!

Não faz idéia que roupa colocar? Coloque um vestido, pelo menos só vai ter que escolher uma peça em vez de ter que escolher duas!

Pra completar, um vestido normalmente soa mais “fino” do que calça. E se alguém diz que estou elegante por estar de vestido – ainda me seguro pra não dizer que na verdade eu estava era com uma puta fadiga de escolher o que vestir! Rá!

Vestido wins!

E se um dia eu puder ditar a moda, não tenha dúvidas, Maurício, um vestido será a peça escolhida. Será o início da supremacia Mônica. \o/

---------------------------------------------

Pra me chamar de louca: bel@corporativismofeminino.com
Pra ler mais das minhas maluquices: @bbel

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por B. às 23:08

9 comentários:

Cris Soleitão on 13 de julho de 2010 02:24 disse...

Bel, to contigo!

Eu também resolvi nos últimos tempos usar vestido. O povo da minha família tá meio absurdado... pois só se lembram de ter me visto de vestido na infância. rsrsrs... eu odiaaaaava. Agora to gostando. Acho que, no meu caso, é uma mudança de fase de vida mesmo [e mudança radical]
Mas não é por não conseguir escolher outra coisa. No dia-a-dia mesmo continuo com as calças... mas sei lá que bicho me mordeu e resolvi comprar vestidos... rsrrs...

Também tenho algumas roupas que parecem ter sido feitas, exclusivamente, para serem usadas com 1 determinada peça.
Isso dificulta, mas não chega a me estressar nem me faz desmontar o quarto, rs.

Bel on 13 de julho de 2010 04:18 disse...

O "pobrema" é qdo vc (como eu) tem as coxas grossas e que "assam" ao roçar uma na outra. Assim, além de vestido tenho que usar um shortinhos por baixo... vestido wins, mas por outro motivo, 1 x 0 pra ele, que me detona de uma vez só!

Andréia Freire on 13 de julho de 2010 04:28 disse...

Nossa, adorei o post! Eu sempre penseni assim sobre vestidos, é muito mais prático! É pra dia de preguiça mesmo! Tem que eu pego uma calça e uma blusa e vou que vou, tem dia que demoro mais, mas em geral não tenho saco de escolher demais não.

Natália R. on 13 de julho de 2010 09:39 disse...

Eu tbm fico numa trabalheira pra escolher roupa qdo vou sair, qm gosta de vcestido é minha mãe né, aliás fica linda com esses.

Vestido é feminino, delicado, e dependendo do modelito sexy.
Não uso muito vestido no dia-a-dia mas as vezes é bom arriscar quando for sair a noite e tals.

E quando eu estou encanada com que usar, como o vestido não faz parte, vou direto a calça jeans sequinha, baby look e tenis, pronto. HSUASHUAHS Quenro mais nada, nem pentia o cabelo. hsuashua

Amei o texto linda *-* Agr me deu uma vontade de compra vestido, skaopsaopaakpkao *-*

http://bloggitando.blogspot.com

Renata on 13 de julho de 2010 11:32 disse...

tenho uma amiga que tinha 75 vestidos! JU-RO
ela fez a limpa no armário e hj "só" tem uns 40! hahaha
pena que não somos do mesmo tamanho, senão eu ia herdar com orgulho! rs

eu tb adoro, mas tenho uns dezinhos humildes só!

Thabata on 13 de julho de 2010 13:45 disse...

Incrível, já pensei isso várias vezes também. Assim como você, as vezes eu perco o sono pensando na roupa do dia seguinte, e de manhã é um parto até conseguir combinar alguma coisa, chego a me atrasar no trabalho por causa disso. Chego até a desejar que eu trabalhasse de uniforme pra não ter que ficar escolhendo roupa, mas essa opção não existe pra minha profissão... :/
Eu acho que meu corpo fica estranho de vestido porque tenho o quadril largo e as pernas finas, aí fico parecendo um balão com dois espetos saindo. Mas um dia eu hei de encontrar um vestido que dê pra ir trabalhar. Ah, vou.

Sabrina Mix on 14 de julho de 2010 11:21 disse...

Ah, não, Bel, vou ter que discordar de você...

Eu não acho vestido a coisa mais prática do mundo, não. Fora que não dá para usar naqueles dias entre as depilações, quando os pêlos ainda estão tão curtos que não podem ser puxados com a cera.

E eu também tenho o péssimo "hábito" de me esbarrar nas coisas e vivo com as pernas roxinhas. Horror dos horrores! Shame on me!

Beijos e sucesso!!!

MEU BLOG: http://www.sabrinamix.com

Ana Vicente on 14 de julho de 2010 18:32 disse...

Excelente o post.
Eu ainda sou capaz de parar na frente do guarda roupa lotado e chorar porque não tenho roupa...
Se acordei pensando numa peça específica que não acho, viro o cão!
Sou adepta è esse modelo de vestidos. Tem umas lojinhas de 49,90 e compro vários.
O problema é que você pode engordar, não caber na calça jeans e só descobrir isso quando tentar vestí-la...
Lama!!!
www.coisasaleatoriasdaminhacabeca.blogspot.com

Zingara on 19 de julho de 2010 01:01 disse...

Pensei muito na supremacia Mônica quando entrei na universidade. Estudava pela manhã e resolvi comprar inúmeras camisas brancas lisas de algodão, confortáveis e genéricas para usar com jeans. Imagina ter que escolher um figurino às 7 da manhã? Nunca.

Hoje uso pouco jeans, sou adepta dos vestidos. Não porque é cômodo, mas porque adoro me sentir feminina. Adoro escolher peças e acessórios, mas só me irrito com isso quando estou brigada com o guarda-roupa - Como TIPOS agora. Comi demais nos últimos dias. Triste.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino