quinta-feira, 1 de julho de 2010

Chiliques Femininos???

Há muitos argumentos que me fazem acreditar que os homens vieram ao mundo a passeio. Mas dois deles, além do desprendimento emocional, notável, com suas crias, são o fato de estarem livres da TPM e não sentirem enjoos na gravidez. Claro que a gestação (e seus percalços) é mais grave - Aliás, permitam-me uma entrelinha: Sempre achei muito apropriado chamar 9 meses gerando um ser humano de GRAVIdez. Pois é grave, muito grave e gravitacional até. Mas Gisele, a Bündchen, talvez não saiba disso. Pois saiu ilesa e magrinha da grave gravidez. E um cem números de outras mulheres também saem ilesas de enjoos, assim como da TPM.

Nada é mais ridicularizado e negligenciado ou chamado de "chilique" que a TPM e os enjoos intempestivos numa gravidez. Há comprovadamente mulheres que não sofrem ou sofrem moderadamente com a TPM ou aquelas que parem 10 filhos e não sabem o que é enjoar com o cheiro do vento. Queria ser um delas, queria dizer num tweet "TPM é frescura, é muleta, é fantasia, é chantagem, é desculpa". Ah, como queria! E também queria dizer que mulheres grávidas enjoam porque querem atenção, estão sensíveis. Elas simplesmente querem vomitar.


Não fui abençoada. Não fiz ar blasé nos primeiros meses de gravidez, vendo a barriga esticar-se rapidamente. Vivi os meses mais desgrenhados da minha vida. Numa das primeiras semanas de gravidez perdi 5kgs sem esforço, bastava sentir o couro da minha bolsa ou o cheiro da pasta dental do pai do meu filho. Era isso e horas no banheiro. Foi aí que eu percebi que não era frescura. Os enjoos não eram frescura. Aquela publicidade que os homens faziam, junto com as mulheres que nunca haviam engravidado ou aquelas que foram abençoadas, era enganosa. Queria que eles sentissem o que eu sentia: O desejo de vomitar o que já se tinha vomitado. A vontade de expulsar tudo pela garganta, inclusive os órgãos vitais. O descontrole na goela, como se ela não tivesse dono.

Mas, não, sou obrigada a ler que mulheres grávidas estão carentes emocionalmente por isso inventam desejos e assombros. "Elas vomitam, desejosas por uma ceninha". Sinceramente, não há nada de cênico em fazer o papel de Regan em "O Exorcista", não mesmo. Enjoo existe, é real. E já rogando a praga "saudável" de quem está de TPM: Tomara que engravide e enjoe até com o cheiro da sua própria pele. Humpf. Mas me recompondo: Enjoos na gravidez não é chilique!

Deixando esse papo de bílis, vamos para a coisa vermelha. Quer dizer, não agora, já que vamos falar da sua árdua espera. É engraçado isso de TPM porque você torce para que um sangue desça logo, antes que você perca a dignidade ou o parceiro. Mas ela não vem. No meu caso, os seios ficam gigantes, a calça não abotoa direito e a minha pele fica oleosa. A franja não fica no lugar estipulado. As coisas não dão certo, aliás, no meu caso, não dão certo nem antes, nem depois da TPM. Mas isso é conversa pra outro post.




Na TPM algumas atacam o chocolate, outras aproveitam o momento para dizer verdades ao parceiro e culpar o seu estado periclitante à espera da menstruação. Outras apenas dizem coisas, sem saber o que estão realmente dizendo. Se há algo que os homens acreditam piamente é que nos valemos da famigerada TPM e que a usamos como escudo. Se você tem TPM, saberá que é mais forte que você. Se não tem, achará que é papo de gente dissimulada. Quantos unfollows eu já dei no twitter em meninas que diziam "TPM é coisa de mulher fraca e fingida"? Muitos. Acho um desrespeito a todas nós que já tosamos a franja na frente do espelho do banheiro nesses dias de guerra. É sério. É dolorido, caríssimos desalmados!

Mas, ok, preciso confessar algo que talvez traia o movimento das mulheres descabeladas com a TPM - E entendo se me derem unfollow: Agora, sem macho por perto para assistir minha encenação, eu já não sinto aquele desejo sombrio por chocolate de madrugada. Pois nem fudendo vou tirar o carro da garagem para ir a um supermercado 24 horas atrás da porra de um chocolate. E outra, convenhamos, chocolate engorda que é uma beleza.







* Eu sei que o seu pai é um homem admirável e estou sendo arbitrária em qualificar os homens como péssimos pais. Mas se você for inteligente, vai saber que isso é um ponto de vista. Não a verdade sacramentada. E que estou ciente que existem exceções - Isso eu aprendi numa das minhas primeiras aulas quando a professora disse que o "h" não tinha som.
* Alguns homens são muito sérios. Responsáveis, bem mais do que um zilhão de mulheres. Obrigada pelo esclarecimento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Sarita às 00:01

15 comentários:

Deja disse...

Ando com vontade de ser pai, penso em ser parceirão durante a gestação e mais ainda quando o pirralho(a) crescer.

Mas só vai rolar quando meus parafusos frouxos se apertarem... (e estão ficando mais presos com os anos).

Todas as que eu vi surtarem durante a gestação, já eram assim meio assim bem antes, chatas, com uma aura tensa...apenas tudo aflorou. Por isso espero por alguém sempre legal, light, divertida e, que possa curtir esses 9 meses...

Tati disse...

Até quem não me conhece sabe que estou de TPM, na verdade até eu tenho medo.rs.

Dizem que se vc matar alg e provar que estava de TPM a pena é reduzida!! :P

on 1 de julho de 2010 09:38 disse...

kkkkkkkkkkkkkk

adorei!

Nádia on 1 de julho de 2010 09:59 disse...

eu acho essas umas das piores ofensas feitas a uma mulher, duvidar do seu estado de TPM ou dos enjoos da gravidez!!
até acho q tem mulher q use disso ou daquilo, pra fazer uma certa mãnha... mas tipo, é ofensivo demais vc estar passando mal e a outra pessoa lá menosprezando oq passamos. Eu nem tenho paciência com gente insensível, mando logo ir passear, pois se o cara não pode nem respeitar coisas q são inerentes a minha natureza, oq eu posso querer com esse traste?!?!
foi malz aê a revolta, adoro seus textos... sempre tô por aq mas quase nunca comento! hoj bateu uma revoltinha lendo isso aq... rsrs
bjO e parabéns! vc escreve legal pra caramba!!

Cris Soleitão on 1 de julho de 2010 10:26 disse...

Ah, eu confesso! Já disse - em um fórum que praticamente só tinha homens - que TPM era frescura pura, sim!

Castigo ou não, eu passei a ter depois disso, hauahauahu... Mas eu tenho uma teoria: tive TPM durante os anos mais complicados da minha vida, que foram os últimos. Eu vivia estressada e por consequência, isso aflorava mais na período anterior à menstruação. Agora que as coisas estão voltando ao normal [UFA!], a minha TPM não tá mais atacando tbm.

Mas o engraçado é q eu sempre tive uma espécie de TM = Tensão Menstrual. Fica AINDA MAIS nervosa quando descia. Agora isso não tá mais acontecendo tbm...

Porém, não precisam ter vontade de me matar por já ter achado TPM frescura. De fato fui sortuda por não ter nem TPM nem cólica, mas por outro lado sofro há anos com ovários policistico... é uma barra também!!!

Sobre os enjôos, eu nunca engravidei e DETESTO enjoar. Então sempre torci para que, qnd engravidar [SE engravidar] não ter esse problema.
Entretanto, eu já senti esse "desejo de vomitar o que já se tinha vomitado", pois passei por isso da última vez que fiquei doente. Só saia um pouquinho de líquido, mas meu organismo ainda queria expulsar não sei o que, se revirando todo por dentro.
QUE PESADELO!!!

Espero nunca mais passar por isso...

Sobre os pais. Eu já passei por um período de revolta total com homens em geral até que a, quando a raiva amenizou, percebi que o problema é com pessoas, humanos. Tem gente ruim e tem gente boa no mundo! Já vi muita mulher totalmente desnaturadas com os filhos também!!!
Tem gente que nasceu pra isso... tem gente que não.

paula on 1 de julho de 2010 11:44 disse...

putz.
muito bom esse texto, principalmente quando você deixa bem claro que passou pelas duas situações e por isso sabe bem que NÃO É MENTIRA!! eu não tive o azar de enjoar durante a gravidez, mas tive tosse contínua por 4 meses, segundo a obstetra é comum o corpo reagir de alguma maneira a "algo" que se planta dentro da gente e começa a "roubar" nutrientes... e isso foi um saco, mas bem menor do que os enjôos que a maioria das mulheres sentem definitivamente.

quanto à TPM, resolvi meu problema tomando anticoncepcional de uso contínuo... aliás, esse assunto é um polêmico, pois existem médicos que dizem que isso faz mal, outros que não faz diferença... o que eu sei é que, com esse anticoncepcional, a minha vontade de acabar com o mundo sumiu e eu fiquei em paz e, principalmente, não perdi nem a cabeça e nem o namorado...

acho que seria um bom tema, esse sobre o uso de pílulas de uso contínuo, para deixar de menstruar.

abraço
=)

Thaís Prado on 1 de julho de 2010 13:09 disse...

Adorei!!

Ana Vicente on 1 de julho de 2010 16:36 disse...

Genial, passar por tudo isso e ainda ter que trabalhar, brigando por dieitos iguais?
Onde àquela filha da puta que queimou o sutiã estava com a cabeça?
Bjs
www.coisasaleatoriasdaminhacabeca.blogspot.com

s1m0ne on 1 de julho de 2010 23:27 disse...

Otimo texto, mas vale lembrar que tem sim akelas que abusam e usam TPM/gravidez para cometer atrocidades.
Na adolescencia durante TPM é até perdoavel algum descontrole, mas porfavor uma mulher de seus 20 e tantos ou 30 e poucos que ainda naum aprendei a lidar com TPM , pra mim é d+.
Quanto a gravidez nao passei (nem pretendo) mas acompanhei minhas irmãs e tem sim os momentos dificeis mas em geral só nos primeiros mesmes.

Táta disse...

Oie...
Ótimo texto....
Concordo com quem comentou " onde a filha da puta que queimou o sutiã estava com a cabeça?" rs...
Sobre o comentario acima, tenho 22 anos e desculpa mas não aprendi a lidar com a minha TPM não!
Tenho 2 fases: Fase 1- chorona, me chamou de boba eu choro, me olhou feio eu choro rs... Fase 2- estressada, irritada, tento respirar fundo, contar até 10 mil... rs...

Fora os sintomas chatos, meu seio dói tanto, minha cabeça, entre outras coisas... E minhas cólicas são terriveis, sempre foram e segundos meu médico sempre será...
Hj em dia tem remédio que controla TPM mas os médicos insistem em passar anti-depressivos, que fazem um mau tremendo...
Quanto a gravidez, não sei como funciona comigo, pois nunca estive gravida, mas cada mulher é um caso.
Minha mãe quando engravidou de mim teve vários problemas, não podia ficar em pé que desmaiava, caiu os dentes, entre outras coisas...
Minha amiga nunca sentiu nada, trabalhou até o dia em que a bolsa estourour... Outra amiga minha enjoou até o sétimo mes... Depende de vários fatores, e não considero nada de frescura, e acho um absurdo quem o considere...
Beijos....

Inaví on 2 de julho de 2010 18:39 disse...

Eu tenho uma TPM do cão, estou tomando um remédinho vamos ver se vai adiantar. Esses dias no meu trabalho o chefe tava falando que mulher é louca, pois eu o avisei que estava na TPM, eu disse a ele "como eu queria ver vc com tpm, ah Deus, só uma vez, por que, por quê?" eu iria rolar de rir, "chefe vcs são uns bundões, qualquer gripinha caem de cama, queria ver aguentar uma tpm, uma gravidez, um parto", ele mais que depressa deu um risinho amarelo e ficou sem graça. Meu colega acabou de dizer que mulher é uma coisa muito chata, eu disse pra ele "case com um homem ué"...rss. Gente tpm é f****!!! Eu só faço M***, fora isso sou bem normal, rss.
Bjo

Linda Carioca on 3 de julho de 2010 02:42 disse...

Nossa !

Bel on 3 de julho de 2010 12:07 disse...

Tempos atrás eu andava tão nervosa e sensível que acabei jogando a culpa na TPM, mas comecei a reparar que a situação ocorria 95% do mês...aquilo não podia ser TPM, hahaha...

Enfim, acho que não mudo da "água para o vinho" na TPM, mas acho que se eu já estiver em um estado delicado, as coisas tendem a se acentuar mais nessa fase...

Mas realmente não duvido do que a TPM ou a gravidez é capaz de exercer em algumas mulheres.

Ótimo post!

Erika Mariana on 9 de julho de 2010 15:36 disse...

Fico louca com TPM!!

Eu surto geral, fico super irritada e chorona e sempre choro de raiva mesmo kkkkk

E quando a "bendita" desce eu quase morro de dor que chego a ficar de cama, é sempre atroveran com anti-inflamatório, e não é só um não...

Por isso me decidi, e vou tomar a injeção para não menstruar mais como minha irmã fez... e então viverei a paz!!

Pietra disse...

Acho que as feministas exageraram quando acharam que as mulheres são idênticas ao homem, na verdade não são, pois cada um tem a sua particularidade. As pessoas deveriam ter mais respeito com a TPM, li uma revista famosa que dizia o seguinte:"TPM chilique feminino" achei aquilo um absurdo , infelizmente a sociedade está muito preocupada só com os bens materiais,mas felizmente li sobre uma empresa em São Paulo, que ela dá licença TPM e isso sim é uma atitude humana e não egoísta como as demais empresas.Se a mulher menstrua tem uma razão para isso, e parar de menstruar é querer me igualar a um homem.Me sinto muito grata por ser mulher,não sou mãe, mais apesar de todos os problemas da gravidez será um presente pra mim quando chegar a hora.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino