sexta-feira, 25 de junho de 2010

Emburrada e bicuda (?) ou, quando quero colo, quero colo.

Podem me chamar do que quiserem, mas quando procuro uma amiga para desabafar, eu procuro amor, carinho, colo, consolo. Esporro eu ouço da minha mãe. Não é que minhas amigas não podem me dar esporro, podem. Mas primeiro eu quero colo. E só admito porrada quando sei que errei, quando estou certa, sério, minha vontade é mandar a pessoa tomar no cu.
Falo isso porque por duas vezes, uma pessoa - acredito que não tenha sido maldade, maldaaaaade,mas enfim, me feriu de qualquer forma - que considero sim amiga, e que sempre ouvi desabafos e coisinhas desde que me tornei amiga dela, simplesmente deu pra contrariar todas as minhas angústias, deu a entender que estou dramatizando demais - HELLO, SE EU TO DEPRIMIDA É LÓGICO QUE TO DRAMATIZANDO - e que, uma ou outra coisa que aconteceu, era, no caso, culpa minha.
Não quis responde-la, não quis magoá-la. Não sei se estou certa ou errada, mas simplesmente perdi a vontade de compartilhar qualquer coisa que fosse, por medo de levar uma resposta mais atravessada, e porque não tenho mais saco de me sentir culpada por coisas que não fiz. Tive uma amiga durante anos que me sugou bastante nesse nível. Eu me sentia culpada por tudo, eu a coloquei dentro da minha casa N vezes. E quando trabalhava na Zara ela passou por mim e fingiu que não me conhecia. O trauma foi grande e não to querendo passar por idiota de novo. Mas no meu coração, to achando que os bons estão pagando pelos ruins.
Enfim, não sei. Sei que quando eu ouço o desabafo de uma amiga primeiro eu seco as lágrimas e se eu discordar, depois eu dou minha opinião de leves. Porque é isso que eu espero de um amigo.
Estou certa? Estou errada?
twitter: /jules_at_play
formspring: julesmorsch
blog pessoal: denovodezoito.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Heleninha às 00:01

17 comentários:

Rajhanah on 25 de junho de 2010 00:48 disse...

Estou numa fase assim com uma maiga ='[

É triste ver um relacionamento de uma amizade tão legal se acabar =/

Deja disse...

Já aconteceu comigo... Quando eu procuro uma amiga próxima para desabafar, não quero sermão... mas as pessoas adoram me passar...

Mesmo se eu fiz merda, esporro não vai me ajudar no momento.

Outra coisa ruim de se ouvir é "acontece", "com todo mundo é assim".

Táta disse...

Você está certa!!!
Se estamos passando por alguma coisa a gente antes de mais nada precisa de colo! Acho que a "bronca" pode e deve vir depois, e de uma maneira "leve" de dizer...
É horrivel ter medo de conversar com alguem que gostamos há tempos...
E completo com uma frase cliche que meu namorido vive dizendo " bonzinho só se fode"
Beijos...

Daniela disse...

Não sei se está certa ou errada, mas para mim funciona mais ou menos assim: Se eu fiz uma caca e é necessário levar esporro de alguém, que seja de alguém próximo. E nada de me passar a mão por cima, prefiro o esporro primeiro, depois me da colo.

Caroll on 25 de junho de 2010 15:55 disse...

entrando no msn. fiquei preocupada agora contigo!
esteja lá ;)

ps: sim, vc está correta!

Carol disse...

Concordo plenamente com vc, isso acontece cmg às vezes tb.. É uma merda.. Mas vc tá certa, amiga, q é amiga mesmo, primeiro seca as lágrimas, deixa desabafar, trata com amor e carinho e só depois vai falar alguma coisa do seu ponto de vista.. Não acho certo uma amiga ir logo brigando c/ a outra só pq akela está mal, aos prantos e tal.. Aí não é justo, né? Pô..

Bjus! ;*

Tati disse...

Tbém me pergunto, rsrs. Tem gente que tem o dom de envenenar. Vc chega e fala:" hj ele tava estranho".. a amiga já fala ta te traindo, cuidado...kkk

Bom.. nem certa, nem errada apenas siga seus instintos, se percebeu um tom pesado é pq o tom esta pesado.

Já me torturei muito pensando se eu estava sendo injusta.

Pense nisso!

Cris Soleitão on 25 de junho de 2010 23:26 disse...

Situação bem complicada.

Tem gente que nos suga mesmo, mas também tem gente que dá esporros desse tipo justamente visando o nosso bem. O problema é separar o joio do trigo... o problema é que quando alguém nos traumatiza muito, de certa forma e por um bom tempo, parece que a capacidade de discernimento vai embora.

Agora, como diria o Burro (do Shrek), tem coisas que só um verdadeiro amigo diz.
Tome cuidado com quem passa muito a mão na sua cabeça e nunca discorda do que você diz...
Geralmente os verdadeiros amigos são os mais sinceros e sabem dar o "esporro" na hora certa: quando de fato merecemos, mesmo que não reconheçamos.

Minha melhor amiga vive me dando porrada [hauahau...] nem sempre eu percebo na hora, mas depois que a tempestade passa, eu começo a perceber o ponto de vista dela. Que eu tava fazendo merda e tava sendo teimosa.
Igualmente, ela também leva muita porrada de mim, rs.
Mas também damos muito apoio uma a outra quando vemos que estava certa!!!

Tudo depende do tipo de relação que vc tem com essa sua amiga e da situação pela qual você passou.
Analise bem isso com a cabeça mais fria possível, pra encontrar a resposta...

Infelizmente, esse mundo tá infestado de gente ruim, maldosa e falsa se passando por boa e nos confundindo. Pode ser que ela seja mesmo sua amiga e pode ser que não. Só vc vai poder descobrir isso...

Anália on 26 de junho de 2010 10:23 disse...

Eu sou do time das que preferem o esporro primeiro e depois o colo.

Amiga que é amiga, vai brigar, vai te falar a verdade, não importa quanto doa.
Quer o amor maior que esse? Ela corre o risco de que você se chateie com ela, tudo porque quer seu bem.

thainara gouveia on 26 de junho de 2010 12:04 disse...

Pra mim vc está certa. Eu até concordo na parte em que diz que parece que "Os bons estão pagando pelos Ruins" Isso ficou bem Camões ou Caio fernando mesmo, haha.
Eu sempre digo isso as minhas amigas, se estamos em publico e algo mais extremo acontece:"Vai amiga fica atras de mim que eu te dou cobertura" Seja uma briga o que for, mesmo ela estando errada eu tô ali e sozinha ela não fica. O mesmo vale pra um desabafo a "duas" eu choro até junto se me sensibilizar a ponto. Mas, esporro nao dá ou esqueço ou deixo pra depois. Minha preocupação Mor, é vê-la bem, acima de tudo. É fogo, sensível e sentimental até as unhas. Se ela estiver errada e quiser saber, tudo bem eu digo:"Amiga, vc ta toda errada. Mas, vem cá me dá um abraço, pode chorar, depois a gente compra umas maquiagens e fica tudo bem..." Rs*
E o grande defeito que eu vejo em tudo isso é que eu simplesmente não consigo aceitar/manter na minha vida quem não se adequa. A gente acaba tendo amigos variados cada um da sua forma, mais sem duvidas eu vou me aproximar bem mais, daquele que me trata como eu espero ser tratada, mesmo que essa forma não seja a correta pra muitos. O puxão de orelha eu acho bem melhor deixar pra depois. Aquele blá,blá,blá todo quando a gente ta frágil não dá, eu penso como vc e até te entendo. Só que quando um episodio desse me acontece eu simplesmente NÃO consigo mais manter a pessoa, ela vira passado rápido, rápido. E definitivamente nao procuro mais, independente de qual for a relação.

rayssa gon on 26 de junho de 2010 17:18 disse...

opinião de leves.

é assim que eu faço tambem. :)

Giuliana on 26 de junho de 2010 18:13 disse...

Acho que todas nós que comentamos aqui, inclusive a Heleninha, temos que virar amigas porque estamos mal de ombro amigo pelo que eu percebi né? Hehe comigo é a mesma coisa, sem tirar nem por... Dá mais tristeza que o problema em si. Te conta!! Adoro posts assim que eu me identifico um monte e não fico com aquele pensamento 'será que só eu passo por isso' hehe, beijos.

Sabrina Mix on 27 de junho de 2010 08:44 disse...

Certíssima, Heleninha!

Eu tive uma "amiga" por anos que só me dava patadas. Mas como eu quase sempre estava bem, não notava. Um dia passei a analisar a situação e me afastei de vez.

Gente negativa? Tô fora!

Beijos e sucesso!!!

MEU BLOG: http://www.sabrinamix.com

Anônimo disse...

Bom, eu acho que amigo tb serve para dar esporro sim! Para que eu quero um amigo que só me diga que eu estou certa o tempo todo e principalmente se eu não estiver? Acho que um amigo tem que abrir seu olho as vezes, te mostrar a realidade...nem sempre é claro a gente acha q ele tá certo, como achamos que nós é que somos certos...achamos que o amigo tá errado!
Eu tenho uma amiga e sempre dou uns conselhos para ela, mas ela na maioria das vezes acha q eu sou "chata" e que tou errada... mas na verdade eu só quero o bem dela.

Luciana Z. on 28 de junho de 2010 00:17 disse...

Acho que vc está errada. Vc me pareceu uma criança mimada e birrenta no post: mesmo estando errada quer confete e antenção. Será que sua amiga seria mesmo uma amiga verdadeira se passasse a mão na sua cabeça quando vc agisse errado? Dizer que vc está certa e td vai ficar bem é muito fácil, qualquer um pode fazer isso. Mas falar com sinceridade coisas que vc não quer mas PRECISA ouvir, isso sim só os verdadeiros amigos fazem. Se vc não aceita ouvir sermões procure não fazer coisas erradas. Não se faça de vítima e aprenda com os erros em vez de fingir que os outros estão errados e não vc.

Zingara on 29 de junho de 2010 12:59 disse...

Acho que existem amigos e amigos. Para alguns eu tenho intimidade suficiente para dar esporro, xingar etc - E a amizade continua firme e inabalável.

Com outros, eu ajo, como você sugere: Acolho e vou soltando o esporro de leves.

O negócio é que a gente tem que ter FEELING para saber como agir com cada tipo de amigo.

Eu tenho um amigo-irmão que quando eu disse que havia ficado com um cara comprometido e me ferrado ao final, ele soltou: ACHO É POUCO - E riu longas horas. Vindo dele eu não me importei mesmo, embora tenha o enchido de porrada. Mas se fosse outra pessoa talvez eu não tivesse aceitado a gracinha.

Balzaks on 29 de junho de 2010 15:58 disse...

Passei por isso tb e acho um saco. Parecia que meus amigos não davam importância para o que eu estava sentindo. Como se fosse frescurite minha. A coisa chegou ao ponto que eu me considera sem amigos. É a velha história: "Minha ferida dói mais que a de todos."
Tenha paciência que um dia a água bate na bunda deles tb e vc conseguirá explicar como se sentiu e tudo ficará de boa novamente.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino