quinta-feira, 25 de março de 2010

INICIATIVA: Você toma?

O tema envolve um leque de opiniões bem diversas. Os homens que escolhi para responder algumas perguntas sobre o assunto são bem instruídos, possuem blogs e um deles, curiosamente, é meu ex-namorado, por isso, não houve nenhuma resposta conflitante - Note o crédito dado ao fato de ter sido meu ex-namorado (o único que ainda é meu amigo, vale ressaltar). ;P

Li muita coisa por aí, inclusive um homem condenando certas posturas femininas na hora de tomar a iniciativa. Umas até concordo, nem no gênero masculino soaria bem. Mas outras são bobas, como a obrigatoriedade do homem ser o caçador. O jargão "Fruta largada na beira da estrada ou está podre ou estragada" também é empregado para justificar o fato de que as mulheres não podem estar tão "acessíveis assim".

Arrisco-me a listar algumas posturas sensatas na hora de tomar a iniciativa e outras nonsense, sabendo que surgirão comentários do tipo "Não é bem assim, eu disse para ele: Me coma! e temos 5 filhos hoje".

Iniciativa SENSATA em verde e NONSENSE em vermelho:

1. BEBER PARA RELAXAR:
[+] A bebida pode servir para descontrair o clima. Sei que a frase "descontrair o clima" é meio tatatataravó, mas beleza. Você fica mais alegre, leve e pré-disposta a soltar indiretinha, o que facilitará tudo. Veja que você fica na situação de caça (o que não quer dizer que é essa postura a ser adotada).
[-] A bebida pode servir para queimar seu filme, se você comete excessos. Tem gente que com um copo já fica rica e puta, se esse for o seu caso... Melhor beber entre amigos mesmo.

2. Eu digo, sim, e estou vivendo. Tem gente que não diz e está morrendo:
[+] "Tirar onda" é uma boa. Já usei desse recurso. Funciona mais ou menos assim: Você diz uma verdade, na base da brincadeira. Zoando mesmo, fazendo recursos de risos ao final da frase. Certa vez soltei: Quer dizer que você vai mesmo me deixar sábado à noite no MSN? Essa deu certo, mas outras tentativas me deixaram no vácuo. O tirador de onda gera a dúvida, logo você não receberá o troféu loser do ano só porque sua investida foi infrutífera.
[-] Dizer na cara seriamente que quer, sim, dormir com ele. Essa pode assustar um homem, mas se você for a Gisele Bundchen pode meter bronca sem medo, gata.

3. LIGAR NO DIA SEGUINTE:
[+] Já fiz. Liguei para marcarmos um cinema. Uma vez deu certo e namoramos 4 anos. Em outra situação liguei e o que ouvi foi "Hoje não dá, vou sair com uns amigos". Isso é meio discricionário, vai depender da brecha que houve no dia anterior. Ligo e DECIDO pelo fim ou não. Duvido que algum homem tenha desistido de alguma mulher SÓ POR QUE ela ligou no dia seguinte, antecipando o papel dele.
[-] Não ligar e comer 2 caixas de chocolate enquanto espera. Recusar convites de outros para ficar esperando o convite do caçador.

4. PROPOR SEXO:
[+] Na verdade, somos nós que decidimos se vamos dar ou não. E sabemos se eles estão querendo comer ou não, isso é algo mais para a PRÁTICA. Por isso escrever ISSO é uma cilada.
[-] Tocar nas partes íntimas do rapaz para atiçar o desejo. É, eu não faria.

5. SALVE SIMPATIA:
[+] Sorrisos, atenção, conversa, tudo isso ajuda muito a mostrar que estamos, sim, doidas para cair de boca por eles.
[-] Ficar se esfregando, falando alto e se gabando já não é uma coisa linda. Isso não é nem questão de gênero. Para toda espécie fica asqueroso.

Claro que há uma vastidão de atitudes/situações onde a mulher (e também o homem) toma a iniciativa e não parece um animal voraz, louco para abocanhar a presa. Perguntei a alguns homens sobre tudo isso e sabe que achei bem interessante?

1. Uma mulher já tomou a iniciativa com você? Como foi? O que acha disso?
MAFRAS: Já sim. Mais de uma vez. Acho normal, dependendo da abordagem, porque até homem quando não sabe chegar, se torna chato. O mundo ainda é machista e muitos homens não gostam, mas eu não tenho problema algum com isso.
O HOMEM SINCERO: Já fui sim abordado por mulheres, muitas vezes, eu achei bem bacana a mulher tomar essa atitude, gosto de gente assim sem medos.
DEJA: Sim, a maioria sempre tomou a iniciativa, porque por boa parte da minha vida eu era um cara tímido, graças a isso eu consegui destravar ao longo dos anos, então só posso achar maravilhoso isso.
E penso que... se a mulher quer, por que não ir atrás? Mesmo se o homem não demonstrou interesse inicial, ela pode muito bem conquistá-lo, assim como nos homens por muitas vezes fazemos com as mulheres. Acho que ela deve colocar a faca entre os dentes e ir pra cima.
DARTH VADER: Já e foi interessante. Acho normal e recomendo.

2. Acha que o homem tem que ser o caçador e não a caça?
MAFRAS: Na verdade acho que o homem é a caça. Nos apenas apresentamos as opções pras mulheres. Elas escolhem.
O HOMEM SINCERO: Entre ser caça ou caçador na verdade não importa. Nos dois papeis temos que levar em conta um numero grande de variáveis pra se levar em conta, nunca estamos confortáveis. Se sou caçador tenho que ter uma postura pró-ativa, estar sempre prestando atenção no ambiente, nos sons, nos olhares, "na selva". Do ponto de vista da caça, podemos escolher ser um alvo fácil ou um alvo mais seletivo, evitando ser "caçado".
DEJA: Não, acho muito antiquado esse pensamento.
DARTH VADER: Não concordo com um padrão social predeterminando para isso. O ideal seria que os dois tivessem a mesma proporção de iniciativa. Mas tão diferente quanto são os órgãos genitais, a iniciativa também é diferente no homem e na mulher, mas apenas no que diz respeito ao tom e gestos.

3. Já quis tomar a iniciativa, mas não tomou por receio? Conte detalhes.
MAFRAS: Já. Geralmente me arrependo. Na verdade não sou muito bom em por exemplo na noite, chegar numa mulher. Geralmente quando não chego, acaba que ela fica com alguém que eu julgo ter sido apenas mais esperto que eu. Fora os casos de pré-julgamentos de voce reparar o tipo de cara que a mulher está olhando e achar que não se enquadra nisso.
O HOMEM SINCERO: Quando tinha 18 anos eu era um poço de inseguranças, todas elas por conta da minha aparencia, nunca me achei um homem bonito, fisicamente, alguns detalhes do corpo incomodavam bastante, hoje em dia não incomodam mais...Bom, teve inumeras vezes que só ficava olhando as moças nas boates sem coragem de ir trocar ideias por conta desse bloqueio. Hoje não acontece mais isso. Mas confesso que hoje em dia evito de tomar iniciativa com meninas novas, muito por causa da total distancia de interesses em comum. Mas se for uma mulher na mesma faixa etaria que a minha e se me chamar a atenção não tenho inibição nenhuma de chegar e conversar.
DEJA: Sim, por diversas vezes... não sou muito bem em interpretar sinais, e não lido bem com a rejeição. Mas isso somente quando eu realmente estava apaixonado pela pessoa, nesses casos eu acabei nutrindo um amor platônico por certo tempo.
DARTH VADER: Já, algumas vezes, a maioria por interpretar os sinais e achar que a pessoa estava totalmente desinteressada, quando na verdade ela estava pensando ter poderes telepáticos de sedução e achando que eu também pudesse ler mentes.

4. De que forma uma determinada iniciativa te assustaria?
MAFRAS: Acho que qualquer coisa muito direta assusta. Voce deixar claro as suas intenções de uma forma sutil, é mais charmoso.
O HOMEM SINCERO: Uma iniciativa que me assustou foi uma vez que estava em um casamento e a auxiliar do juiz de paz me entregou um bilhetinho com o telefone e o nome dela. Nem tinha reparado nela, além dela ser bonita, tava bebado demais pra isso. Gostei, depois liguei, marcamos de nos ver, conversamos, ficamos algumas vezes..
DEJA: De nenhuma forma.
DARTH VADER: Só se fosse com uma arma apontada para mim.

5. Você acha que a mulher está trocando papéis ao tomar a iniciativa?
MAFRAS: A mulher está apenas afirmando o que ela já fazia e muitos homens não tinham noção. A mulher que é a caçadora. Nós somos a caça. Nos exibimos, "enfeitamos o pavão" para as mulheres escolherem quem lhes cabe melhor.
O HOMEM SINCERO: Trocando papeis, sim, com certeza, as mulheres de hoje que sabem o que querem, vão a luta, não ficam mais esperando na janela a vida passar, gosto de mulheres que vão a luta e perseguem o que lhes inspira o desejo, vivemos em tempos novos, onde a sociedade está se abrindo a esse tipo de atitude feminina. Não podemos mais querer agir como agiram nossos pais e avós, no tempo deles era tudo diferente. A vida era completamente diferente. Claro que coisas como respeito e educação nunca devem sair de moda. Se uma mulher me abordar pra conversar espero no minimo educação. Infelizmente não vemos isso por parte de uns vermes que insistem em querer tratar as mulheres como se nada fossem. Os exemplos são inúmeros e nem vale citar porque todo mundo conhece caras assim.
Ah sim, uma coisa que sempre me encantou nesses jogos de sedução foi a criatividade, nesse caso, ponto pras meninas, sempre conseguindo sair do lugar comum das abordagens. Claro que os homens conseguem ser criativos, mas a meu ver esse é um dos pontos fortes das mulheres.
DEJA: Não, de forma alguma. Eu não sou à favor de papéis pré-estabelecidos para homens e mulheres.
DARTH VADER: Não. Como eu disse, não acredito em papeis de caça e caçador, isso é só mais uma imposição de um sistema patriarcal falido.

* Blog do HOMEM SINCERO: http://ohomemsincero.wordpress.com/

* Blog do MAFRAS: http://presentealimpo.blogspot.com/

* Assim como qualquer vodka, iniciativa deve ser tomada com moderação. A única diferença é que iniciativa e direção combinam, afinal é a partir dela que você saberá para onde vão (e se vão). #INFAME

* Agradecimentos à corporativete Bel (@bbel) que fez a ilustração desse post.

* Agradeço muito aos entrevistados. Todo foram prestativos e urgentes!

* Me segue no twitter? Prometo encher sua timeline de tweets (6).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Sarita às 00:01

19 comentários:

Linda Carioca on 25 de março de 2010 03:02 disse...

O post de baixo é um pavor... meu Deus, coitados dos animais, deveriam pegar os ordinários que fizeram isso e empalhar eles !

Eu on 25 de março de 2010 10:03 disse...

Bem quero dizer q tomei a iniciativa...ontem.. Ai ai, e agora aguardo resp....meu caso é seguinte, conheci um cara mto legal e interessante, conversamos no aniversario de uma amiga,mas depois não o vi mais...mas eu descobri ele no orkut (confesso q adoro o orkut) e deixei um recado dizendo q gostei de conhece-lo e q seria bom encontra-lo novamente....bem ele tem meu telefone, se tiver interessado me liga né? se não pelo menos vou saber logo q ele não está afim e parto pra outra....eu quero mais é ser feliz...
PS: Homens que ainda são machista, parem com isso e sejam felizes, aceitem as mulheres do século 21...
Tereza

Bel on 25 de março de 2010 10:16 disse...

Eu bem gostaria de tomar iniciativa, mas eu nunca me senti suficientemente segura pra isso. Acho que nem enchendo o rabo de vodka eu consigo, haha.

edumariano on 25 de março de 2010 12:33 disse...

Eu acho legal quando elas tomam iniciativa sim. Principalmente se o cara (como eu) for do tipo timido, lerdo... se a menina se sentir mais confortavel de tomar esse papel de chegar, ajudaria bastante :D
Mas mesmo que eu não fosse, e se uma garota chegasse em mim, ligasse no dia seguinte, coisas do tipo eu ia gostar. E se eu estivesse afim também, lógicamente sairiamos outras vezes.
Não acho nem que seja uma inversão de papéis, mas sim uma busca mais sincera em relação ao seus desejos e vontades.
Existem formas e formas de se chegar né, eu particularmente prefiro que seja mais discreto, sutil, mas que deixasse o recado bem claro rsrs.

Deja disse...

Uma curiosidade... as que mais tomam iniciativa comigo são as trabalhadoras do meu Brasil... Caixas de supermercado, sobretudo.

A primeira pessoa com quem fiquei tomou a iniciativa, casei com alguém que tomou a iniciativa, namorei outras 2 que também tomaram a iniciativa...e, por várias vezes eu ficava cativando a pessoa a dizer algo, tipo "Não entendi, o que você quer de mim?".

Atualmente, no casinho que estou tendo, eu quem tomei a iniciativa, mas eu acho que ela não gosta de mim como diz, já as que tomaram a iniciativa, realmente gostavam de mim, eu tinha a certeza disso... outro motivo para eu preferir que elas cheguem junto, sempre pensei: "Quero alguém que goste de mim, o suficiente para tomar a iniciativa".

Não é acomodação, é insegurança. Se eu gosto, fico assim, bobo e tosco. Agora se só quero curtir, tanto faz.


Ps, obrigado Zingara pela oportunidade de colaborar com vocês.

natalia disse...

Hoje faz exatamente 6 anos que tomei a iniciativa, e estou comemorando com meu namorado por isso. Deu certo, não me arrependo.
Acho melhor tomar a iniciativa do que esperar e correr o risco de ser abordada por um desses desastres em forma de homem, rsrs....

Bel on 25 de março de 2010 13:11 disse...

"Quero alguém que goste de mim, o suficiente para tomar a iniciativa".

Acho essa relação sua com Gostar x tomar iniciativa bem furada.
Pelo que entendi, você tem mais dificuldade pra tomar iniciativa quando gosta mesmo da pessoa, mas você espera que com as mulheres seja diferente ? o.O

Bel on 25 de março de 2010 13:14 disse...

Ups, o último comentário foi referente ao comentário do Deja.

Deja disse...

Sim, espero.

Não disse que isso é inteligente =D

KINHA on 25 de março de 2010 15:33 disse...

Olá

Gostaria muito que vc participasse da promoção do blog AMIGA DA MODA, que em parceria com a DUTMY, está sorteando um belo e sexy vestido da marca.Vc poderá participar com quantos emails tiver. Cada email vale uma inscrição. Avise suas amigas e seguidoras. Passe lá e confira.
http://amigadamoda.blogspot.com

Dai on 25 de março de 2010 19:43 disse...

ADOREI!!
O post foi otimo e as entrevistas mais ainda.
E sempre bom saber a opiniao masculina, por isso tenho varios amigos que dao as coordenadas.
E como a gente nunca e expert no assunto, as dicas vao muito bem.
Porque se alguem falar que sim, ou ta mentindo ou enricou.

Beejo grande.

Carol disse...

Olá meninas! Blzinha?
Olha, sei q o meu comentário não tem nada a ver com esse post, mas eu tô querendo saber de um negócio já faz um tempinho. É sobre akeles esmaltes desse post aki: http://www.corporativismofeminino.com/2010/02/moda-cores.html
Desde a primeira vez q lançaram as fotos desses esmaltes novos, eu sempre procuro nas farmácias perto da minha ksa, mas nunca acho, são sempre os mesmos, antigos..
Bem, se alguma de vcs, sabe me dizer onde eu possa achar aki no Rio de Janeiro, please, me falem! rs.. ^^ Vlw! Bjinhos!
*Amo o blog de vcs!*

Zingara on 25 de março de 2010 22:42 disse...

Carol, nas lojas americanas.

Jullyane on 26 de março de 2010 10:31 disse...

Bom, como eu já comentei no twitter, adoraria ser audaciosa, mas sou lesa demais, fico sem graça, não sei me insinuar, chegar na pessoa, enfim, tem curso pra isso? rs!

Beeeijos, adorei as entrevistas!

Carol disse...

Zingara, vlw!!

Diux on 26 de março de 2010 19:08 disse...

Acho ótimo que as mulheres estejam se libertando de certos preconceitos e deixando claro o seu interessse em algum homem. Não vejo nada de errado. Já aconteceu comigo e, na maior parte dos casos, foi bem legal.

Pra mim, tanto faz quem toma a iniciativa (apesar de saber que as mulheres estão no controle do flerte, mesmo que digam o contrário). O ruim é quando tomar ou não a iniciativa se transforma num joguinho cansativo. A menos que vc queira transar com
um canalha no final da noite ou queira namorar com um apaixonado submisso. Se fazer de difícil vai acabar aumentando a chance de atrair esses 2 tipos de homens (que não desistem nunca!) cujo relacionamento pode até trazer algo de bom, mas que tem prazo de validade curtíssimo.

Diux on 26 de março de 2010 19:08 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raphael on 27 de março de 2010 16:53 disse...

Esse lance de preconceito/tabu acredito ser o maior dos impedimentos em relação ao sexo feminino.
Se quando ela conhecer um cara ser sincera, lIBERAL, deixar claro o que ela espera...

rapidamente chegará a um denominador comum!

O que é primordial é que, tanto do cara quando a mulher devem sondar o que cada um quer com/do o outro, pra começar as estratégias de ambos os lados

(primeiro se conhece o cliente)

Ex. Se eu quero sexo, e a garota quer amizade?

Ou eu percebo que ela não quer o mesmo que eu, ou tomo um tapa na hora de expor minhas intenções.

Tão importante quanto sondar as intenções do outro, é expor as suas de maneira clara.

O sexo feminino especificada mente consegue fazer leituras sub-liminares, ao contrário do sexo masculino que nesse momento está se perguntando porque são tão complexas.

Então fica a dica: Descubram um jeito de passar suas intenções de modo que estejam em equilíbrio entre uma puritana e uma puta.

O homem gosta das duas, mas com um raciocínio lógico e sucinto, a preferência será equilíbrio.

Anônimo disse...

Eu sou timida e quero aprender como tomar a iniciativa, gostaria da ajuda das mulheres e dos homens tb. Tenho 22 anos, nao quero ser vulgar e tenho medo do "nao". Se vou a um local ou balada e nao conheço o cara nao sei por onde começo, e se conheço é pior pq ja sei nome, idade, sei q meu amigo ou algum conhecido de tal pessoa e ai q nao tenho papo mesmo pra chegar no assunto...sou pessima com indiretas, gostaria de sugestoes. bjs e Obrigada
Bruna Fabricia

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino