sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Mãe é Deus, ou quase.

A MOTHER'S JOURNEY

fotos premiadas, que mostram porque só mãe consegue segurar certas barras.
link oficial:
http://www.sacbee.com/static/newsroom/swf/april07/mother/


E algumas fotos abaixo:












Seguinte, eu não sei que tipo de sentimento é esse, esse amor incondicional, de estar ali, a criança morrendo e você ali segurando todas as pontas, fazendo a criança brincar um pouco, dar umas risadas. Não sei o que é passar uma noite em claro porque tem um nenê doente em casa. Mas tenho três sobrinhos e senti um pouco da felicidade que é ter bracinhos pequenos apontando pra você, "me dá um abraço!". Só uma mãe sabe como manter o filho feliz sabendo que ele vai morrer logo mais e aceitar isso. Acho que a Zin faria deste post algo melhor, já que tudo que consegui fazer após ver estas fotos foi chorar.


Os pais que me desculpem, mas a maioria dos pais ia tremer numa sitação destas. Mãe é mãe. Eu sou contra a canonização da maternidade, mas confesso que, nessas horas, acho que, quando uma mulher vira mãe, ela se torna superior ao resto da espécie humana.
=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Heleninha às 00:01

5 comentários:

Fernanda on 29 de janeiro de 2010 14:22 disse...

Com toda certeza, mãe é mãe. São seres superiores.

Cah. on 30 de janeiro de 2010 23:26 disse...

só se sabe o que é ser mãe quando se é.
por isso muitas vezes não valorizamos tanto nossas mães, e quando nos tornamos mamãe, ficamos tristes por nossas velhas atitudes.

Gabi Sikorski on 4 de fevereiro de 2010 01:34 disse...

Ver essas fotos e não chorar é impossível. As mães são pedacinhos de Deus aqui na Terra, são sublimes. O post ficou ótimo, sincero e é claro, triste.
Amo esse blog! Beijos

Hellis Montebelo on 7 de fevereiro de 2010 03:20 disse...

Eu sou totalmente a favor da canonização da maternidade ahahahaaha, sinceramnete...Acho a coisa mais sublime que pode acontecer com uma mulher. Meu sonho é ser mãe e experimentar esse amor incondicional pro resto da vida.

Caroll on 28 de junho de 2010 02:35 disse...

concordo em cada ponto.
e cada lágrima.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino