segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Fofoca: o outro lado da moeda!



Creio que seja quase unânime: odiamos fofoca. Falam tanto da vida da gente, né, que coisa mais sem graça. Ô minha filha, vai cuidar da sua vida!
Odiamos fofocas sobre a NOSSA vida, mas adoramos falar da vida alheia!
“Você viu? A Josefa está traindo o Cornildo com o Ricardão!”
“Ouvi falar que a Sandrinha só casou com o Zé Rico por interesse!”



Catarina engravidou e escondeu a gravidez da mãe por 8 meses (não me perguntem como, estou só repassando a fofoca!) e resolvia dar uma surra em quem abrisse a boca para dizer que ela estava grávida.
Peraí, falaram alguma mentira? Tudo bem, eu entendo o fato de alguém ter um segredo e querer guardá-lo, mas tem que ser muito beléleu pra sair batendo em alguém que comentou o que viu, né?

Adoramos falar da vida dos outros, lemos o Ego para saber a notícia dos famosos, afirmamos que o Xúnior da Sandy é categoricamente gay, dizemos que aquela menina bonitona na faculdade dá pra todo mundo, mas DETESTAMOS quando o assunto em voga é a vida da gente.

Conheço uma doida que não tem coragem nem de assinar os textos que escreve, mas vive falando mal de um monte de gente no blog dela.
Pára tudo: ela não quer assinar o que escreve para que não descubram que ela TAMBÉM tem podres, correto? Todo mundo tem esqueletos escondidos no armário, baby! E eu acho que fofoca é bem isso: a gente fala dos esqueletos dos outros, mas um dia vão falar dos que a gente guarda também. É o ciclo da fofoca.

Não queremos que falem da nossa vida, óbvio. Então não vamos dar motivo. As pessoas falam mesmo e isso não há de ser evitado.
Imagine a situação: O melhor amigo do seu namorado te viu com outro. Você acha mesmo que o rapaz é fofoqueiro porque resolveu contar a ele? Claro que não! Ele fez o papel dele de amigo, qualquer um faria isso. Você, revoltada, vai chamar o rapaz de boiola, vai dizer que fofoca é coisa de menininha, aposto. Ponha a mão na consciência e veja que a SUA conduta que foi errada.

Como eu disse, as pessoas não vão deixar de falar, se queremos mesmo ter a reputação tão ilibada, devemos fazer por onde. Não adianta pagar de boa filha, boa namorada, boa amiga e não ser. Uma hora ou outra a máscara vai cair e não adianta tentar adiar isso.

Sejamos mulheres de verdade e admitamos que gostamos SIM de falar da vida alheia! E não fiquemos fulas da vida quando de vez em quando falarem da gente também, hahahaha.



Para me dizer que adora/odeia fofocar ou comentar as novidades do Ego: analia@corporativismofeminino.com

Follow me: http://www.twitter.com/analiamaia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Anália às 00:01

13 comentários:

Naaaany ☼ on 14 de dezembro de 2009 01:23 disse...

fofoca do bem é uma maravilha. sem criar nada da vida alheia,falando SÓ a verdade.

eu particularmente n ligo muito que falem da minha vida, o que eu n gosto (e acho que ninguém goste) é que CRIEM histórias e afins. :D

Grazi on 14 de dezembro de 2009 09:11 disse...

Já dizia uma amiga "Não fofocamos, apenas comentamos a vida alheia."

;)

Anamyself on 14 de dezembro de 2009 10:37 disse...

Posso falar?

ADORO uma fofoca. Confesso.
Fico puta quando sou a última a saber de alguma coisa.

Mas existem diferenças entre fofocas. Tem a fofoca do mal, que as pessoas fazem para prejudicar alguém.
Tem a fofoca da inveja.
E tem a fofoca inocente - uma amiga sua está namorando, feliz e contente. É injusto dizer para quem ela ainda não contou que ela está namorando, feliz e contente?
O segredo é não fazer fofoca de coisas que prejudiquem alguém, não distorcer fatos, não espalhar intimidades de alguém aos quatro ventos.
Não estou falando que eu sou santa e nunca fiz isso, mas que dá pra fazer fofoca sem foder com a vida alheia, ah, isso dá.

E queria confessar que não me importo que falem de mim. Sou fã da máxima: "falem bem, falem mal, mas falem de mim".

Renata Bittes on 14 de dezembro de 2009 11:30 disse...

O esporte mais antigo da humanidade é falar dos outros. Não adianta. Seja homem ou mulher, TODO mundo fofoca! O que varia é o nível da fofoca. Eu sou fofoqueira e admito. Sei que dou liberdade para falaram de mim já que eu falo msm. Convivo tranquilamente com isso. O que eu não gosto é de intrigas. Quando as palavras viram guerra.

Zingara on 14 de dezembro de 2009 13:06 disse...

Devo ser alvo de muita fofoca pq eu sou do tipo que faço O QUE QUERO e FALO MUITO MESMO da MINHA vida - O que não sobra MUITO tempo pra falar da dos outros. SÉRIO!

autistas por opção on 14 de dezembro de 2009 13:30 disse...

Huhahua Adorei o post.

eu particularmente n ligo muito que falem da minha vida, o que eu n gosto (e acho que ninguém goste) é que CRIEM histórias e afins. :D [2]

By CeLLa Cris on 14 de dezembro de 2009 14:34 disse...

Fofoca é bom qndo se trata da vida alheia mesmo, pq qndo é da nossa o bicho pega! rs

Beijosss

Taty disse...

Minha mãe ja dizia: É o mundo todo pra falar da gente e só a gente pra falar do mundo! hahahahahah

Talita on 14 de dezembro de 2009 15:06 disse...

Deve ser a idade chegando e tals... mas eu bem cansei de fofocar, sério!
E se falam de mim?! Quero mais que minha bunda cresça 1cm cada vez que meu nome é citado \o/
É bem isso mesmo, povo adora comentar cada segundo da vida alheia mas quando vê o próprio nome rodando de boca em boca surta! rs

Deja disse...

Aqui no meu trabalho fofocam até sobre quem defeca mais fedido (Não é piada).

Não gosto de falar de pessoas, quando estou revoltado com alguém, posso comentar outrem... mas quando chego nesse ponto, logo a figura receberá delicadezas minhas.

Laivine on 14 de dezembro de 2009 17:06 disse...

eu particularmente n ligo muito que falem da minha vida, o que eu n gosto (e acho que ninguém goste) é que CRIEM histórias e afins. [3]

:3
No mais a mais, apenas comento os fatos. E é tão legal! o/

Bel on 14 de dezembro de 2009 23:30 disse...

Eu sou a típica pessoa que se incomoda horrores com gente que fala da minha vida, mas às vezes realmente é inevitável falar vida alheia.
Mas só fofoca do bem, xuro.

Usuale on 7 de janeiro de 2010 19:50 disse...

Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site, que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

Feliz Ano Novo!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino