sábado, 12 de dezembro de 2009

A cegonha bateu asas e voou

Eis o livro didático distribuído nas escolas alemãs para ensinar às crianças de onde vem os bebês. Sem melindres, eles são curtos e grossos (?).


1. Apresentando os personagens principais do livro. Ok, até ai tudo bem, embora os personagens não tenham a mínima noção de moda.

2. Sim, "beijo na boca é coisa do passado, agora a moda é namorar pelado"

3. Vendo por esse ângulo até que fica bem infantil mesmo (ou não?)

4. Tá, mostra ONDE fica o bebê. Mas na primeira imagem: Me diz onde fica a mão da mulher?
5. Momento Maternidade. Corações no carro super-válido, afinal educação sexual e respeito devem estar juntas...
6. Agora me diz: PRA QUÊ ISSO? LAMENTÁVEL! A história da cegonha é mais limpinha! Repare na expressão do pai e do médico, sorrindo muito tranquilamente, enquanto a criança aparentemente está "nadando" sozinha para fora do útero. haha.
A maria chiquinha da nova mamãe pousada no vão entre cada perna também é algo pra se reparar (Ok, parei).


7. Criança resgatada, digo, nascida. A Mamãe toda peladona e feliz segura o filhote. Todos vivem felizes para sempre.


Você contaria essa história para o seu filho pequenino? Fariam que alterações, preferem a famosa história da cegonha?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Sarita às 00:01

28 comentários:

Anônimo disse...

AHUAUHAUHUAHUAHUAHUA EU já tinha visto isso ae,achei mega bizarro, o que eu tinha visto tinha as traduções, sei que chorei LITROS de tanto rir.

Mt bom!


Heleninha

Anônimo disse...

Certamente deve ser melhor deixar ele acreditar que a cegonha existe "porque ela é mais limpinha". É cada uma que eu tenho que ler...

Anônimo disse...

Ué meu querido, não gostou, clica em sair do blog! Que gente chata anda passando aqui ultimamente, reclamam de tudo!

Zingara on 12 de dezembro de 2009 14:00 disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAH

Adoro gente mal humorada (e não tem ironia nisso) pq eles são bem previsiveis: Levam tudo ao pé da letra e a vida a ferro e fogo.

Pois é, vou contar essa história pro meu filho pq é bem limpinha. Sou quadrada e antiga! ¬¬

Carol Beatriz *Onigiri* on 12 de dezembro de 2009 14:42 disse...

Cegonha rules! \o/

Bel on 12 de dezembro de 2009 14:52 disse...

Eu acreditava na cegonha, você acabou com minha imaculada idéia da vida, Zingara.

(hauhUHAUAHUAHAU))

Como as pessoas levam tudo que é escrito aqui à sério, meu Deus.

Eu rí muito quando ví essas imagens, hahahaa.

E os bonecos são BEM FEIOS mesmo né? acho que é pra não correr o risco de excitar as crianças. hahahaah

Andréia Freire on 12 de dezembro de 2009 18:15 disse...

Meodeus, que bizarro, hahahahaha!

Eu acho legal a iniciativa de sermos mais sinceros com as crianças, mas achei os desenhos do parto super desnecessários e o bebê saindo sozinho ficou ridículo. Eu mudaria isso, talvez os órgãos e a relação estejam explícitos demais dependendo da idade ou não? Depende muito da idade da criança, enfim, é complicado pensar no que fazer quando os filhos começarem aperguntar de onde eles vieram, hahaha.

margarita on 12 de dezembro de 2009 19:06 disse...

hahahahahahahahaahhaah
apesar do desenho ser bem escroto, ainda acho um bom método de ensinar criancas sobre sexualidade e afins...

Stella (aquela....) disse...

Mesmo pra padrão de livro infantil tosco, as ilustrações são muito ruins, acho que podiam ser melhores.

Mas fora isso, minha única preocupação é se conseguem fazer a linguagem ficar adequada à idade das crianças que vão ler; a ideia do livro até que é boa.

Gisele on 12 de dezembro de 2009 21:13 disse...

Prefiro, sim, contar a verdade. O que há de errado com a verdade? A estória da cegonha é "limpinha"? Porquê? Sexo é sujo?

Tem aparecido bastante gente chata no seu blog ou vocês é que não sabem ouvir críticas?

Se não querem ouvir opniões, desativem os comentários, pois nem sempre serão louvadas...

Giovanna Bauer on 12 de dezembro de 2009 21:53 disse...

Gente, nada contra dizer a verdade, bem melhor que a história da cegonha.

Zingara on 13 de dezembro de 2009 05:17 disse...

Meu DEUS, agora vou pôr a tecla SAP pras coisas que eu falar.

IRONIA não é de passar no cabelo...

Anônimo disse...

Ah, eu gostei! Não vi nada de bizarro nem deixei de gostar dos desenhos. Sim, ele mostra "tudo" e mais um pouco, mas assim é que é bom. Se ficarmos enrolando e florindo tudo, que educação sexual será?

E outra, minha filha ainda é pequena, mas eu leio JUNTO com ela. Ou seja, tem o lado de interpretação em cima de todas as imagens. Se o livro mostra por onde o bebê sai, MELHOR. Porque eu não pretendo abrir minhas pernas e mostrar para ela HUAHUAHUA

Joana

Mariana on 13 de dezembro de 2009 09:46 disse...

Ah eu contaria sim aos meus filhos, acho que dizer que veio a cegonha ou do pé de couve algo muito surreal.
Claro que a explicação seria conforme a idade da criança, sem sobrecarregar ou assustar.
Ah! adoro o blog!
bj

Anônimo disse...

Vi isto antes com o título "Sexo explícito em cartilha escolar alemã causa polêmica", em http://e-paulopes.blogspot.com/2009/11/sexo-explicito-em-cartilha-escolar.html

Nanda on 14 de dezembro de 2009 00:54 disse...

hahaha esse livro me traumatizou! Jamais mostraria isso pra uma criança, imagino a reãção dela, se a minha já não foi boa! haha O melho é contar que o papai pois uma sementinha na barriga da mamãe... uma hora a natureza se encumbe de contar a história em detalhes. haha

E gente mal humorada é muito divertida, mesmo!

Tudibom, meninas!

Grazi on 14 de dezembro de 2009 09:24 disse...

Eu acho válido, mas isso depende da idade da criança. Eu não mostraria isso para uma criançda de 4 anos de idade.

Mas apartir dos 6 ou 7 mais ou menos, acho que a criança já deve ter uma noção de sexualidade sim.

Paulo César Nascimento on 14 de dezembro de 2009 10:03 disse...

Cuidado, Zin. Vai que o menino brinca de médico com uma coleguinha e diz: "não se preocupe, não tem nenhuma cegonha por perto. Minha mãe garantiu que não tem risco."

:P

Anônimo disse...

q besteira... tem q ser dito desse jeito para a criança: "o papai planta uma sementinha dentro da mamãe, logo em seguida vem a cegonha e transa com ela. afinal sementes tem q ser regadas para crescer."

Deja disse...

Bem, acho que isso é tão bizarro que as crianças talvez pensem "Nunca vou querer fazer sexo quando for adulto".

O olhar deles me deu medo.

Anônimo disse...

Minha prima tem esse livro lol

Laivine on 14 de dezembro de 2009 17:14 disse...

Eu acho que uma criança com idade mental o suficiente para absorver tais informações... iria achar estes desenhos bem idiotas! lol

Nada contra falar a verdade, mas dependendo da diade da criança, apenas contar algo já é mais que suficiente para satisfazer a curiosidade do pimpolho....

Se precisa mostrar (e isso eu imagino que o piá ja deve ter uns 10 anos) tem coisas mais maduras do que esse livro que explicam muito melhor!

O nível dessas ilustrações é de 1ª série, na primeira série a criança não precisa ser exposta à esse tipo de verdade "gráfica" da coisa (no meu conceito de educação sexual)... Alemães, limitem-se aos fatos, valeu! o/

Anônimo disse...

de boa eu nao mostraria isso para um filho a menos que surgisse uma duvida diretamente dele , mais se essa duvida realmente existisse acho que a criança seria matura suficiente para entender a verdade!!

mais a idéia do livro nao é má.. claro para quem aceita-se!!

Rayssa on 15 de dezembro de 2009 19:35 disse...

É claro que não contaria isso pro meu filho!
Educação sexual é bom, mas tudo conforme a idade da criança.
Apresentar tudo assim fica meio complicado pra uma criança entender. é muita informação!
Prefiro ir contando aos pouquinhos, conforme a criança pergunta.

Mas se a intenção foi fazer uma aula de comédia sexual, nota 10 pros autores dessa obra prima!huahuahua... xp

Gabi Sikorski on 15 de dezembro de 2009 22:36 disse...

Hahahaha! Muito bom! Quando eu tinha 6 anos, minha mãe engravidou. Daí ela me deu um livro " Mamãe Botou um Ovo", que, apesar do nome, foi muito útil. É , sem dúvida, o melhor livro pra explicar de onde vem os bebês...Super educativo e engraçado...rs.. Beijos e amo esse blog!

Gabi Sikorski on 15 de dezembro de 2009 22:36 disse...

Pra quem quiser o livro :

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?isbn=8508047568&sid=126163182111215813112327246

Anônimo disse...

IRONIA não é de passar no cabelo?
Mas bem, se o post era pra ser engraçado, pelo menos pra mim não foi.
Método bem válido pra ensinar pras crianças, se elas já tiverem maturidade e tal.
Não vi pq 'zuar' do livro. Sério, pra mim não teve sentido nenhum.

Cássio on 6 de janeiro de 2010 07:32 disse...

Lendo seu post eu vejo que ainda hoje existem adultos que não acreditam que papai transou com mamãe para eles poderem nascer.

Resposta:
Claro que não foi assim, filha. Foi a Cegonha, papai não fez nada, só buscoou você no hospitla. Agora vai lá fora brincar com suas bonecras.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino