sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Razões para não assistir 2012



Atenção: a postagem de hoje contém spoilers, se você não viu o filme e detesta saber o final antes de ver, volte para ler depois.

Assisti hoje o filme 2012, que prega o "fim do mundo" (de novo? aff) em 21.12.2012, conforme mostra o calendário Maia. Até aí beleza, mais um filme cheio de efeitos especiais sessão da tarde e ... AH NÃO! Já começa errado, um casal divorciado com dois filhos, onde claro, o pai é um "loser" e a mãe se casa com outro cara, mais rico, que as crianças adoram. Clichêzaço, um remake de Guerra dos Mundos, oi. Bocejei.

Ah, sim, pra finalizar a filha do casal tem 7 anos na cara e dorme de fralda porque se mija toda, à noite. Essa mãe nunca se ligou que basta evitar que a criança beba muito líquido após às 18h e obrigá-la a fazer xixi antes de deitar? Sei lá, com meus sobrinhos e com outras crianças que conheci, essa tática funcionou. E inclusive, é uma tática recomendada por pediatras. CAPAZ que eu ia submeter filha minha à vergonha de dormir de fralda com 7 anos. Ok, segue o filme, e deixemos a mijona pra lá.

Aí, tá, quando a ação começa, e a crosta terrestre começa a se mover e engolir tudo (moh triste a cena quando o Cristo Redentor se parte e cai, quase tive um treco), você logo começa a pensar - muita gente no cinema começou a falar - "AH PAAAAAAARE", sim, a família se reúne e começa a fugir das rachaduras terrestres que, gente, incrível, sempre fica atrás do carro, ou do avião em que eles estão, mas assim, sempre milímetros atrás, uma nuvem de poeira gigante capaz de engolir tudo - e realmente engole - mas só não chega perto da família. Super legal, hein (NOT). Mas não se pode negar que os efeitos do filme são excelentes, pra quem curte é um prato cheio.

A família está indo para a China, onde foram construídas arcas pra salvar um par de cada animal e claro, pessoas que podem pagar um bilhão de euros para se salvar. Até chegarem lá eles se encontram com um bilionário russo, chefe do pai loser, seus gêmeos (oh crianças feias), Sasha, o russo, gostosão, piloto (adorei) e Tamara, loira, gostosa, namorada do velho bilionário. Bom, aí qualquer pessoa com um pingo de sangue nas veias já se irrita. Quer dizer então que poucas pessoas sabiam do fim do mundo e só 400 mil bilionários vão se salvar? E pra que porra levar um par de cada animal? Não dá pra pegar um só, o DNA deles e fazer um clone? Aí quando você se depara com o tamanho de cada quarto privativo da arca, mais puto você fica, cabem umas 15 pessoas em cada quarto. Mas só os ricos e bem relacionados vão se salvar. Titanic oi.

Lógico que a família vai entrar clandestinamente numa das arcas, esse povo é foda, gente, eu fico passada. Daí tem mais N cenas que lembram Titanic (a Tamara morre afogada numa doca, ou seja lá o que for, que enche de água, a cena é bem parecida com Titanic, inclusive), diálogos que qualquer pessoa normal sabe que não existiriam se a situação fosse séria (o mundo acabando e o casal divorciado tendo DR na maior calma, ¬¬''), o gurizinho filho do casal que some no meio da água quando lhe foi pedido pra ficar quieto ( e vocês tem que ver como isso foi pedido, na maior calma, qualquer pai normal teria dito: "ESCUTA MOLEQUE, FICA AQUI SENÃO LHE ARREBENTO OS DENTES", mas o pai do filme não, é cheio de mimimis), e mais clichês e clichês, que você fica pensando se valeu a pena o ingresso. Ah sim, uma coisa muito legal no filme: o único lugar que sobra intacto é a Africa, que inclusive fica maior e tal, quase gritei: CHUPA EUA, CHUPA EUROPA, QUERO VER OS AFRICANOS DOMINANDO AGORA E VOCÊS TENDO DE PAGAR PAU PRA ELES, ISSO AEEEE VIVA, ADORO! E isso me lembrou outro filme, onde os americanos vão pedir ajuda pro México (CHUPA EUA! VÃO TER QUE SER ACOLHIDOS POR AQUELES QUE VOCÊS NÃO DEIXAM ENTRAR EM SEU PAÍS! VIVA MÉXICO, VIVA THALIA!) e tal, acho que é O Dia Depois de Amanhã, não sei.

Pena que essa parte eles não mostram nos filmes né, o depois que eles entram no que sobrou do mundo e tal, a reação do povo que já estava lá. Fica como se eles entrassem amigavelmente, na maior paz, todo mundo amando e sendo pouco rancoroso, nem lembrando que a seleção natural foi feita por quem podia pagar mais e não pela sorte, anrrã sei, ahhh se isso fosse de verdade... se isso fosse de verdade e eu morasse na África e fosse uma pessoa influente ninguém descia da droga da arca, pronto falei, sou rancorosa mesmo, um continente explorado até a alma tendo de acolher esse povo... ahhh não mesmo!

No mais, é uma sessão da tarde, que só compensa ser vista no cinema se você tem uma televisão meia boca em casa e adora efeitos especiais, porque o enredo do filme é uma porcaria. Vale esperar em DVD ou passar no Telecine, Tela Quente e etc.

Pra dizer que eu sou uma péssima crítica de cinema:
heleninha@corporativismofeminino.com

ou comenta aí, vai ahuahuha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Heleninha às 00:01

36 comentários:

Bia disse...

Crianças com problemas emocionais fazem xixi na cama mesmo depois de ensinadas a não fazê-lo ou a fazer antes de dormir, não ingerir líquidos, etc. Aliás até adultos. Fik dik!

Deja disse...

"Crianças com problemas emocionais fazem xixi na cama mesmo depois de ensinadas a não fazê-lo ou a fazer antes de dormir, não ingerir líquidos, etc. Aliás até adultos. Fik dik!"

É isso mesmo. O termo dado é "Enurese noturna".


Sobre o filme, o enredo é fraco, muitos clichês... mas achei um bom entretenimento, é um filme para se assistir com o cérebro desligado.

Estou aguardando ansiosamente "A Estrada", pelo o que eu li, é um filme pós apocalíptico, cujo o foco não é como ocorreu a catástrofe global, mas como os seres humanos reagiriam diante dessa situação.
No filme mostra que eles regridem... se tornam bárbaros, perdem a humanidade, só buscam a sua sobrevivência ( Me lembra um pouco "Mad Max", mas não tem nada a ver).

Desdhemona on 27 de novembro de 2009 08:57 disse...

Concordo com absolutamente tudo! Como assim, um aviaozinho alugado com um rolex desviando de meteoros???

°o°

Pasmei com a falta de criatividade;

LUUH on 27 de novembro de 2009 09:04 disse...

tava mesmo com muita vontade de ver o filme *__*
mas acabou a fantasia! :|
ASHUAISHSIU

Anônimo disse...

Gente, olha como eu sou esperta, o cartaz da foto tá errado, cometeram a chatice de fazer 2 files sobre o assunto E NO MEIO DE TANTO CARTAZ PEGUEI O DO FILME QUE NÃO VI ahuauhauhahuahuahuahuahuahuahuahua.

vou deixar aí pra vcs poderem terminar de zoar com a minha cara.

Heleninha

Eduardo Araújo on 27 de novembro de 2009 09:39 disse...

Sim! Era o Dia depois de amanhã mesmo!!!

=D

---

Eu nem queria ver essa porra de filme mesmo...ODEIO qualquer coisa com o tema "fim de mundo".

=P

Beijos!

Deja disse...

Eu gostei de ver o Cristo Redentor desmoronando, pra mim foi a melhor parte do filme. :)

DinhA disse...

PQP! Best crítica ever... até então eu só tinha visto comentário de mimimis dos efeitos e blá-blá-blás do filme... mas vc teve peito, cara e coragem pra falar T-U-D-O!
Amey!
Beijos enormes!

DinhA disse...

PQP! Best crítica ever... até então eu só tinha visto comentário de mimimis dos efeitos e blá-blá-blás do filme... mas vc teve peito, cara e coragem pra falar T-U-D-O!
Amey!
Beijos enormes!

Bel on 27 de novembro de 2009 11:24 disse...

Vou deixar pra ler depois de assistir! rs

Grazi on 27 de novembro de 2009 13:26 disse...

Fala sério, o cristo redentor mal aparece!!

Anônimo disse...

Compartilho a opinião o filme é uma porcaria, super estardalhaço pra nada.
O único lugar do mundo que teve saqueamento foi no Brasil, segundo eles, pq nos EUA todos são hiper civilizados até em desastre, aff...

O pior msm foi que o outro cara que ela estava casada morre esmagado e a mulher nem tchuns, parece que estava esperando o cara morrer pra voltar com o ex marido e finalmente beijá-lo.

Decepção esse filme!

Anônimo disse...

Muito bom! Se é isso mesmo deve ser realmente uma merda. E os teus textos são mesmo muito engraçados. rsrsrsrsrsrsrrs Adorei a história dos africanos. Tinham mesmo que correr com esses gravatinhas da arca. E outra, pq o mundo não acaba MEEEEEESMO. Pô! Será que nenhum diretor fará um filme que REALMENTE o mundo acaba e TODOS morrem? Mais coragem diretores. Chega de arca, caverna, extraterrestre salvador. Fala sério! É cinema, pô! Bjs, Patricia.

Cris Soleitão on 27 de novembro de 2009 15:41 disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
*rolando de rir*

Eu não teria escrito uma sinopse / crítica melhor.
Sou cinéfila de carteirinha, mas tá difícil mesmo ter motivação pra ir ultimamente, com opções como '2012', 'Lua Nova' e 'Jogos Mortais IV'.


Semana que vem provavelmente serei arrastada pra ver Lua Nova, mas só vou por causa das companhias e dos efeitos especiais... e mesmo assim, no dia mais barato... não fosse por isso!

Cris Soleitão on 27 de novembro de 2009 15:42 disse...

P.S.: Não vejo a hora de estrear 'Avatar'!!!

Anamyself on 27 de novembro de 2009 16:57 disse...

Morro de preguiça de filmes sobre o fim do mundo. Parei com isso no "Independence Day" ¬¬

Já esperava que esse 2012 fosse um lixo. Seu texto só comprovou mais ainda. Só assisto a esse filme se me pagarem.

Adorei o final! Concordo plenamente! Nem a pau que eu liberaria a África pros bilionários safados, sendo que muitos deles devem ter enriquecido explorando o continente, matando crianças de fome e testando remédios em populações inteiras, como se elas fossem animais (Jardineiro Fiel)!

Nina on 27 de novembro de 2009 17:21 disse...

Nossaaaaaaaa ri muito, sério, mudei meu roteiro de cinema pro findi.
Valeu.
Beijo

Diário de Solteiras on 27 de novembro de 2009 19:54 disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk!
RACHAMOS!
Não assistimos, e achamos que não vamos assistir!
Beijocas, ;*

Anônimo disse...

HUIAHUIAS

Vou indicar esse post a alguns amigos desavisados [inclua-me nessa] iludidos com o fim do mundo apresentado em 2012.

*Ri muito*

Babizinha

Nah Garcelan on 27 de novembro de 2009 22:24 disse...

Particularmente eu gostei, talvez por gostar muito de filmes que falam sobre o fim do mundo e principalmente por curtir efeitos especiais.

Mas tenho que confessar: ri muito com o seu post! Adorei!!!

D.Albina on 27 de novembro de 2009 22:36 disse...

Pára, adoreeii a crítica (rindo mundos), pra falar a verdade, nem no Tela Quente ele serve pra ser visto, mas tirando tudo e julgando SOOOOOHHHHHH pelo defeito especial, até que vai..porque a história é um fogo no saco ¬¬

Anônimo disse...

siiiiim vi o trailer de Avatar e tb to louca pra ver, Cris!

Heleninha

Stella disse...

Esse diretor só sabe fazer isso: filme de fim do mundo com efeitos especiais legais e pouca história.
Vale lembrar que é o mesmo de Independence Day, que é no máximo um remake mal disfarçado d'A Guerra dos Mundos de 50 e pouco.

mulherpolvo on 28 de novembro de 2009 11:14 disse...

Eu não veria, não verei, muito obrigada por satisfazer a min ha curiosidade!!

Cris Soleitão on 28 de novembro de 2009 12:51 disse...

Pra completar o post, aí vai uma charge com a verdadeira teoria sobre 2012:

http://charges.uol.com.br/2009/11/17/cotidiano-fim-do-mundo/

apenas.. on 28 de novembro de 2009 16:18 disse...

RI DEMAIS!
parabéns, seu blog arrasa!
2010 sucks.

Didi Iashin on 28 de novembro de 2009 21:41 disse...

"Guerra dos Mundos", só a radiofonização do Orson Welles. O resto é piada de mau gosto. Só gostei de Independence Day pela presença de Jeff Goldblum (o judeu que toda mãe gostaria de ter como genro).
Não, meus caros! prefiro utilizar o dinheiro da entrada fazendo comprinhas na Vinte e Cinco de Março.

Nathy disse...

Se é a profecia e pá, deveria tudo acabar, não? Tipo, NINGUÉM sobreviver pra contar a história, dai. História zero, nem queria ver mesmo.

Robson Medeiros on 30 de novembro de 2009 19:19 disse...

Homens são bem-vindos aqui? Minha primeira vez... :)

Parabéns pela crítica. Mas convenhamos, a maioria dos 'filmes americanos' são assim. Vamos arrecadar dinheiro, ficar milhionários e pronto!

Anônimo disse...

Homens sempre são bem vindos viu ahahahah

Beijos, Heleninha

Edu disse...

Não vou ler pra nao estragar o filme!

Mas to aguardando 2012 anciosamente! hahahah

Polian on 3 de dezembro de 2009 00:28 disse...

Esse filme é muito ruim mesmo, e para piorar tem quase três horas de duração...

Butterfly on 4 de dezembro de 2009 22:33 disse...

Heleninha...concordo contigo. O filme deixou a desejar eu esperava bem mais dele...é cheio os CABUNS! PLAF!POU! E tudo mais mesmo pq fiquei com mais raiva ainda quando fui ver o filme e tipo comprei os ingressos e blá, blá, blá, fui entrar na sala..."lotada".

=/

*Desespero em achar 3 lugares*

Estavamos eu, meu namrorado e uma amiga. E lá vai nós procurarmos lugar....procura ali e aqui e nada de achar a poha do lugar. Adivinhe aonde encotramos lugares?

u.U Na maravilhosisima 1ª fileira....por fim sai da sala do cine ao término do filme, com uma poha de torcicolo, raiva do lugar e decepcionada com o filme.

Pq diabos existe aquela fileira lá na frente?

Anônimo disse...

O pior é ver meus amigos falando "carca! muito bom! vai ver!.."

Bom, pelo ao menos os EUA não "salvam o mundo" dessa vez...

fernandananica on 10 de dezembro de 2009 20:10 disse...

Pra quem não sabe:

- Independence Day
- O dia depois de amanhã
- 2012

SÃO DO MESMO CARA!

Isso mesmo, são do mesmo diretor que não sei o nome. Googleeia lá pra ver.

:)

Anônimo disse...

Não Gostei Da TAMARA e do Piloto Terem morrido!
Mas sempre os BONITÕES coadjuvantes morrem em filmes desse tipo.

aff .

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino