terça-feira, 13 de outubro de 2009

E a vencedora ééééé... TCHÃ TCHÃ TCHÃ TCHAAAN!


Nós recebemos as fotos e textos mais lindos do mundo e foi difícil, de verdade, escolher a vencedora. Mas, depois de muito pensar (muito mesmo, o resultado era para ter saído ontem, mas estava impossível decidir!), escolhemos a foto/frase/texto vencedor.




E a sortuda é....




Tchã tchã tchã tchaaaaan...




Mariana Souza!




A gente se apaixonou pela foto e o texto, além de ter se identificado com o causo de paixonite de infância e a leve tendência a ser cheia de vontades! Parabéns, Mariana. Entraremos em contato para pegar seus dados. Curta sua bolsa e se acabe nos docinhos! Besos!



Manhê, eu quero!

A frase de inicio sempre foi muito presente em minha vida, é presente até hoje. Desde bem pequenininha eu apontava e fala, mostrando pra minha mãe o que eu queria. Uma das vezes mais marcantes que pronunciei esta frase, eu tinha apenas três anos - e foi também a mais dolorida que tive uma resposta negativa!

Eu queria me casar. Estava decidida. Queria me casar e seria com meu cunhado - sim, o noivo de minha irmã. Eu era perdidamente apaixonada por ele, uma vez ela até terminou o noivado porque disse que ele me dava mais atenção do que a ela. Também pudera, quem resistiria às graças de um cotoco de gente que parecia um anjo?

Bem, quando minha irmã decidiu se casar, eu me lembro vagamente de ter ficado muito brava. Ela não podia! Ele era meu! Então, as pessoas me disseram que era COMIGO que ele iria se casar; e sim, eu acreditei. Eu me preparava, ensaiava a entrada na igreja com passinhos pequenos. Eu estava toda feliz!

Chegado o grande dia, lá estava eu num vestidinho branco cheio de frufrus, com tiara de flores. Afinal eu era a noiva! Via meu cunhado no altar, manda tchauzinhos e beijos... Ah, meu sonho se realizaria! Começam a tocar as musicas e alguém me fala: "vai, agora é sua vez. Lembre de andar bem devagarzinho e sorrindo!"; e eu fui. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que eu era uma mera daminha-de-honra, e que minha irmã estava vindo logo atrás de mim vestida de noiva?

Pois é, gente. Eu fiquei o casamento inteiro de bico e cara feia. O fotografo insistia em tirar fotos e eu lá, com o bicão. Fui ludibriada! o máximo que saiu, foi um sorrisinho torto, meio sem graça! É, daquela vez minha mãe não me deu o que eu queria, e hoje eu penso seriamente: Será que vale a pena casar? Ai... Espera um minuto, vou ali chamar minha mãe pra pedir conselhos...
Manhê!!!!!!!! Eu quero um marido lindo, rico, cheiroso e gostoso!!!!

:D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Patsy às 10:00

6 comentários:

Mari R. disse...

Uebaaaaaaaa!!!
Super feliz!!

Obrigada meninas!! xD

tmt on 13 de outubro de 2009 12:46 disse...

Puxa! Achei que tinha que mandar um breve texto ou uma foto da sua infância com uma legenda bem-humorada, não achei que era foto mais texto.

Mas foi muito boa a promoção, parabéns ao blog e parabéns a vencedora!

Ao menos, pude conhecer bem mais o blog e agora ele entrou nos favoritos!!! :)

Amanda on 13 de outubro de 2009 14:00 disse...

Nossa que graça adorei a foto e o texto!!!

Cris Soleitão on 13 de outubro de 2009 19:10 disse...

Não tive oportunidade de mandar... mas nem teria chance... essa mereceu MESMO!!!

Demaaaiiisss essa história!! AMEI, hahaha...

.Intense. on 13 de outubro de 2009 23:01 disse...

Excelente escolha - prêmio merecido!
;*

**Brindes e Promoções da Nessa** on 16 de outubro de 2009 01:13 disse...

hahahaha adorei!!!!

parabéns e aproveita o prêmio, gostei da historinha hehehe

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino