quarta-feira, 21 de outubro de 2009

As piores coisas de ser mulher

Grrrr! Uns tempos atrás fiz uma brincadeira no twitter, na qual as seguidoras completavam a frase: "O ruim de ser mulher é.." - recebi tantas frases bacanas que prometi fazer um post, só que demorei tanto que agora estou com dificuldades pra achar os replies, darddd.

Mas vamos pra uma top list das piores coisas de ser mulher, puxando um ganchinho do post da Ana "A pior coisa de ser mulher".

1) Menstruar: Só pra constar na lista mesmo. Tudo que eu penso já foi dito aqui.

2) Parir: Oi. Me chamo Bel, tenho 24 anos e ainda não consigo aceitar a idéia de que algum dia uma criança vai sair de dentro de mim. Olha, não vou falar dos incomodos da gravidez, como engordar e ter que andar por aí com a barriga parecendo um capô de fusca, vou falar apenas da única parte que me apavora: Uma criaturinha de 2 ou 3 kilos saindo de dentro de mim! Gente, desculpa aí se o sonho de vocês é ser mãe, se vocês acham que parir é uma dávida, um privilégio concedido à nós, mulheres. Ser mãe pode até ser tudo isso, mas a idéia de que algo com tantos centimetros de diametro como a cabeça de um bebe passe por LÁ, bem, vocês sabem onde, ME APAVORA! Filhos? Acho que prefiro adotar, beijo.

3) Depilação: Dispensa descrição. Sinto dor só de ler essa palavra. Sem falar do "olho no olho" com a depiladora. Abafa tudo.

4) Lingeries desconfortáveis: Não, não basta você sangrar 5 dias por mês, ter uma TPM fodida, e se depilar a cada 15 dias. Enquanto homens utilizam confortáveis cuecas de algodão, samba canção, ou algo que o valha, nos sujeitamos a calcinhas de lycra, que por mais que tenham um formato anatômico, que não sejam muito cavadas, ora sim, ora sim, atolam! Sem falar dos modelos que são praticamente intra-uterinos "para ocasiões especiais". hunf.

4) Salto alto: Eu sou mulher, mas nem entendo o porquê dessa fixação por salto alto. Sérião, 3 cm já é demais pra mim. Me recuso a usar algo mais alto que isso. Pelo menos nos meus pés eu gosto é de conforto, prontofalei! Há quem prefira estuprar os pés num sapato, paciência!

5) Maquiagem: Por mais que se seja privilegiada pela natureza, tem situações que pedem uma make: sair a noite! por exemplo. No mínimo um lápis/rímel/delineador a gente acaba usando. E pra tirar essa traqueira toda depois? ai meu santo protetor do removedor, ajude! - dona Teresa está de prova, quando viu a madame aqui limpando o zóio no banheiro da rodoviária, pra agilizar quando chegasse em casa no hotel (no oktoberfest weekend).

6) Ser enganada por mecânicos: Sem querer generalizar (mas já generalizando) ouvir um barulhinho no carro e ter que levar no mecânico é sempre perigoso quando não se tem um mecânico de confiança. Eles olham para as nossas carinhas indefesas e logo deduzem que será fácil nos enganar. Depender do pai/irmão/namorado pra evitar levar um balão é complicado, mas muitas vezes, necessário.

....

A idéia era postar 10 itens, mas vai ficar pra depois, já que nesse momento o item 1 se faz presente e eu to morreeeeendo, minhazamiga.

E pra vocês, quais são as piores coisas de ser mulher?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por B. às 01:01

37 comentários:

Deja disse...

Não se preocupe, durante os meses de gestação, a vagina vai se preparando para dilatar o suficiente para passar um bebê. :)

Bel on 21 de outubro de 2009 09:00 disse...

Deja: Ah sim. A dor imensa que as mulheres dizem sentir deve ser só fricote.

Deja disse...

Mas que a vagina se dilata, se dilata...

Paulo César Nascimento on 21 de outubro de 2009 10:22 disse...

Bel, calcinha de lycra dá candidíase (fungos lá dentro que coçam e ardem). Não sei se isso entra nas dez piores coisas de ser mulher, mas os médicos recomendam que se use roupa íntima de algodão.

Bel on 21 de outubro de 2009 10:30 disse...

Paulo, sério mesmo!?
Vc descobriu a roda! huahaua ¬¬

Deja disse...

"A idéia era postar 10 itens, mas vai ficar pra depois, já que nesse momento o item 1 se faz presente e eu to morreeeeendo"

Por isso ela está tão doce hoje!

:)

Anônimo disse...

Só uma coisa: é estuprar, e não estrupar...

Letícia on 21 de outubro de 2009 12:11 disse...

Dos 7, 3 pra mim são vantagens: maquiagem(adoroooo, acho divertido, quase uma terapia), salto(acho lindo, e não acho tão desconfortável assim) e lingerie (eu prefiro as minusculas, depois que vc acostuma, se sente bem confortável e fica muito melhor nas roupas, hj em dia sequer consigo usar calcinha que não 'atola' rs).

Bel on 21 de outubro de 2009 12:12 disse...

¬¬ isso acontece quando se posta de última hora em uma noite de cólica, sem tempo pra revisar: não façam isso em casa.

thanks, seja lá quem for.

Deja disse...

[Eu gosto da Bel, mesmo quando ela parece estar irritada (É só uma impressão).]

Cris Soleitão on 21 de outubro de 2009 12:40 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Soleitão on 21 de outubro de 2009 12:42 disse...

"Bel, calcinha de lycra dá candidíase (fungos lá dentro que coçam e ardem)"

Exactly!
Por isso o certo é usar coisas normais de algodão, rs.

O item 1 é um pesadelo total pra mim!!!

O item 2, eu tenho o mesmo medo. Embora minha mãe diga que não doeu quando ela me teve e que durou menos de 5 min.
Em compensassão, minha avó quando teve o 1º filho - meu tio - o parto demorou mais de 12h.
Não sei como ela teve coragem de parir mais 3 depois disso o_O

O item 3 é tranquilo pra mim. ME RECUSO a me submeter a essas torturas... prefiro gilete mesmo.
E tem um outro detalhe, não sei se é genético, ou o quê... mas na minha família, com o tempo os pêlos vão sumindo até não precisar mais depilar. É bizarro!
Minha avó não tinha nenhum pelinho na perna e minha mãe também não tem... Bom, em ALGUMA COISA a genética tinha que me favorecer, né... hahahahah...

O item 4 [Salto Alto]: só em ocasiões especiais. Leia-se festa de gala que eu vá com convidada.
De resto só uso coisas confortáveis: botas baixas, sapatos e sandálias plataforma baixa ou tenis.

O item 5 também é tranquilo pra mim pq não gosto de maquiagem forte. Uso o mínimo possível em qualquer ocasião e só uso rimel transparente... assim não preciso lutar todo santo dia pra tirar essa coisa... e também não fico parecendo que levei um soco na cara no dia seguinte se ele não sair direito.

O item 6: ainda to tirando a carta.
Mas já tenho uma coisa em mente: vou fazer um cursinho de mecânica básica assim que possível, para não ser enganada por terceiros quando meu pai não puder me socorrer ;)

Bjos

Patsy on 21 de outubro de 2009 13:31 disse...

Não consigo pensar mais em nenhum ítem, todos esses já são ruins demais. Amo salto, mas minhas panturrilhas odeiam profundamente. Ficar "mocinha" (eufemismo para sangrando loucamente por quase uma semana) me tira do sério. Erro de Deus, ao lado do ornintorrinco e do iá-iá.

Beluxa, não fica desanimada com a vida também, não. É só fase, a gente vai ficar bem. Vamos sim. ;*

Patsy on 21 de outubro de 2009 13:31 disse...

Não consigo pensar mais em nenhum ítem, todos esses já são ruins demais. Amo salto, mas minhas panturrilhas odeiam profundamente. Ficar "mocinha" (eufemismo para sangrando loucamente por quase uma semana) me tira do sério. Erro de Deus, ao lado do ornintorrinco e do iá-iá.

Beluxa, não fica desanimada com a vida também, não. É só fase, a gente vai ficar bem. Vamos sim. ;*

Grazi disse...

Eu acho salto lindo, a mulher fica com uma postura linda, mas...
eu sou uma baixinha geminiana que caminha rápido, é o meu normal caminhar assim, parece que to sempre apressada e por acredito que seja por isso que eu destruo salto de sapato. Sei lá, não consigo pisar com a parte da frente do pé.

Daí uso só de vez em quando, ainda prefiro plataformas!! xD

Grazi on 21 de outubro de 2009 13:49 disse...

Faltou comentar os outros itens:

Menstruar é a parte pior com certeza! Desestrutura, emocionalmente em primeiro lugar, qualquer mulher!!

Quanto a parir, Bel minha amiga, to contigo! Quem sabe algum dia na minha vida, tipo quando eu tiver formada, com minha casa e com meu carro na garagem, eu possa pensar nesta idéia, mas hoje tenho certeza de que não quero!!

Lingeries: Uso aquelas de algodão que são mais larguinhas apenas 'naqueles dias', me sinto desconfortável, prefiro as calcinhas menores, fininhas do lado marcam menos na roupa, mas não as intrauterinas!

Quanto a maquiagem, não acho legal aquela mulher que se produz toda pra r trabalhar, sei lá, quando tem uma ocasião que merece toda aquela produção, vc acaba ficando com a mesma cara de sempre. No dia-a-dia rímel e gloss é tudo!

Ju on 21 de outubro de 2009 15:19 disse...

São péssimas situações mesmo! mas acho que dá pra se livar...

1. hoje em dia tem como não menstruar. Pode não ser lá muito saudável, mas...

2. Concordo plenamente, é bizarro. Tem duas saídas: não ter filhos ou fazer cesária. E foda-se quem diga que é melhor normal... que é melhor pro bb e ba ba ba...

3. Depilação é o "ó" mesmo. Me recuso. Só faço com gilete. Os homens detonam nossas peles com as barbas arranhentas deles e a gente tem que sofrer?! Jamais!

4. só uso sapatilha! É estilo!

5. só usar calcinha confortavel. E foda-se quem achar ruim. Essa coisa de que calcinha isso ou aquilo é brochante é coisa de viado.

6. Maquiagem. Tem gente que não usa e fica super legal. Pra tirar é um saco mesmo... mas tem uns removedores maravilhosos por aí. Pode também usar tudo à prova d'água, que não borra. Porque aí você tira só por cima e deixa o resto sair por ele mesmo! Rá!

7. Pra não ser enganada por mecânicos... é só aprender um pouco mais sobre carros! :D Enquanto leva o pai/irmão/namorado, fica prestando atenção e pede pra que ele explique as coisas. Afinal, um dia, até eles não sabiam!

E viva a revolução! rsrs

Didi Iashin on 21 de outubro de 2009 15:44 disse...

6 - "Chi, dona, é que espanou a rebimboca da parafuseta e o chicote do câmbio está laceado, então a gente vamos ter que refazer a roda do giclê ..." Papo aranha!!
1 - concordo! Graças ao bom Deus, entrei no paraíso da menopausa. Tem o inconveniente de ficar suando feito uma fonte de água Lindoya, mas é melhor isso que ficar "escorrendo" e "colicando" ...

Anamyself on 21 de outubro de 2009 18:32 disse...

Putz, concordo com todos os itens, exceto o último, pq nem dirigir eu dirijo...

Ainda pior do que menstruar é menstruar no verão. Dá aflição de pensar. Adorei o comentário da Patsy, que diz que a menstruação é um erro Dele, assim como o ornitorrinco e o ia-ia (wtf é um ia-ia? whatever).

Parir: também passo gravidez. E você nem citou estrias, flacidez, dificuldade de locomoção... E noites de sono perdidas com o bebê chorando... Aff. Não sou do tipo maternal mesmo.

Depilação: vou de maquininha. Não posso raspar com gilete pq tenho alergia, aparecem várias coisas que parecem espinhas na minha pele... Nem é legal.

Lingeries: aqui só entra algodão. Lycra nããão.

Salto: fino não uso nem em sonho, mas plataforma ou daqueles que parecem de boneca uso sempre. Sou mega andarilha, vou pra tudo que é canto andando, então conforto é lei, sempre.

Maquiagem: nem sei passar direito. Um lápis aqui, um corretivo ali e zaz.

Boa sorte "nesses dias", Bel. Jajá acaba. E vc tem sorte, nem todas menstruam por 5 dias só! Conheço quem menstrue por 7, num ciclo de 25 dias!!!

Desgraça pouca é bobagem.

Deja disse...

O que me consola, é que ainda existem mulheres, como a Bruxa sumida, que sonham com filhos...Tsc.










(Não quero um tão cedo)

Patsy on 21 de outubro de 2009 19:08 disse...

Eu sonho com filhos, Deja... e peridural e raquidiana em uma cesária super bem feita, seguida de uma abdominoplastia.

Deus é grande. E o cirurgião plástico também.

Cris Soleitão on 21 de outubro de 2009 19:24 disse...

Cesária?!
No thanks... Maior que medo de imaginar uma cabecinha saindo por LÁ é o PAVOR que eu tenho de injeção, anestesia, bisturi e cicatriz...

Quando eu tiver [tipo, daqui uns 10 anos? rs] Vai ser natural mesmo. Se possível em casa, hihihih...

Sem contar que cesária demora muito mais a recuperação do que o parto natural ;D
Além disso ocupa lugar de quem REALMENTE precisa no hospital.

on 21 de outubro de 2009 19:53 disse...

concordo plenamente com o item 2!!

só de pensar me sinto um alien!

Diário de Solteiras on 21 de outubro de 2009 20:29 disse...

Parir, nenhuma de nos sabemos ainda, né! Salto...não é tão torturoso assim, :S. Depitação, $#/*%#(*°@$¨&.
Não para nos a pior é MESTRUAR, sem comparação!! Blog, super divertido!

Andréia Freire on 21 de outubro de 2009 23:02 disse...

Ninguém nos obriga a usar salto alto ou lingerie desconfortável. Oo

Eu não uso esses dois itens nem que me paguem! Tô fora. Conforto em primeiríssimo lugar.

Na boa, odeio homem prepotente que acha que mulher tem obrigação de usar/fazer coisas desconfortáveis para agradá-lo, depois nós é que somos fúteis, hein? Quem é o fútil da história mesmo?

Diria que não somos obrigadas a fazer depilação, mas isso não seria tão real, pois a sociedade nos obriga sim, a nos depilarmos.

Sinceramente, eu só uso gilete e pinça. Passo longe da cera. Então depilação nunca foi tortura pra mim.

Sobre o mecânico não é todo homem que é entendido disso não, tá certo que é mais fácil um homem ser entendido do que uma mulher (sinceramente, não existe assunto mais chato, só perde pra futebol), mas tem muito homem sendo enrolado pelo mecânico, é só ele perceber que o cara não é expert.

Maquiagem é o mesmo que depilação, é meio que uma obrigação mesmo. Você pode não usar no dia-a-dia, mas em qualquer evento mais importante você "tem que usar". Eu gosto de maquiagem, então não é algo "chato" pra mim. Mas que é parte do fato de que mulher ainda tem obrigação de ser decorativa, ah, é.

Sobre parir, tem as opções, né? Hahahaha. Não ter filhos, adotar, fazer cesárea. O parto normal é muito demonizado, mas o problema é a prática pouco humanizada do parto hospitalar. Há uma tendência forte de casas de parto e partos feitos em casa com acompanhamento. Nesse tipo de parto a mulher é mais livre para escolher a posição que quer, de cócoras, por exemplo, pode ter um parto na água, ela não é obrigada a parir num lugar intensamente iluminado, o seu conforto é a prioridade... por aí vai. O procedimento médico ainda insiste em obrigar as parturientes a parirem numa posição completamente não condizente com a natureza. Porquê? Sem falar no atendimento público, né? Mulheres parindo no meio do corredor sem nem um enfermeiro pra prestar assistência.

E menstruar, faz parte, né? Isso eu acho que é realmente a parte ruim. Cada uma precisar de adaptar à ela. Eu tenho uma relação de paz com a minha menstruação, thanks God.

No mais, o ruim de ser mulher pra mim é uma coisinha só: aturar machismo, em qualque nível.

Andréia Freire on 21 de outubro de 2009 23:10 disse...

Nas tribos africanas ou de índios, as mulheres parem de cócoras ou a posição mais confortável que acharem. Nós, os "civilizados", insistimos no parto na posição menos anatômica que há.

Deja disse...

"Na boa, odeio homem prepotente que acha que mulher tem obrigação de usar/fazer coisas desconfortáveis para agradá-lo, depois nós é que somos fúteis, hein? Quem é o fútil da história mesmo?"

É só arrumar outro homem, e bem, também fazemos algumas coisas chatas para agradar as mulheres, se for de nosso interesse, mas ninguém é obrigado...

Eu aparo o saco e uso até cueca de elefantinho se me pedirem.

Grazi on 22 de outubro de 2009 15:08 disse...

Hahahahahaha
Cueca de elefantinho?????

Imagino a cena:
A fulana olha, aponta e ri!
Que coisa broxante!!!

Sexy mesmo é cuecas boxer... branca então... senhoooor me abana!!!

Andréia Freire on 22 de outubro de 2009 17:18 disse...

Hahahahaha, gosto é indiscutivél mesmo. Odeio cuecas boxer!

Deja, concordo com você, mas quando falei isso me referia apenas a roupas/acessórios e procedimentos de beleza. De resto, não é obrigação mesmo. E é só trocar mesmo, tanto que nunca fiz nada que me deixasse desconfortável só porque o outro quer. Na verdade, não tem nada demais querer agradar o parceiro, mas isso tem que ser uma via de mão dupla, e nuitas vezes não é. ;]

Só vale ressaltar que a mulher é muito mais cobrada a agradar o homem do que o contrário. Principalmente quando o assuntoé beleza e sexo.

Famous Roses on 23 de outubro de 2009 11:57 disse...

"Eu aparo o saco e uso até cueca de elefantinho se me pedirem."

A cueca eu dispenso, mas acho que todo homem deveria dar uma aparada nos pelos pubianos. Na verdade, eu sou a favor de tirar tudo, mas sei que muito homem não gosta. Olha, pelos são um erro da criação divina haha só cabelo tem utilidade!

Patsy

Camila Alves on 25 de outubro de 2009 16:44 disse...

Super concordo.
Parir, nossa. Vou adotar, sério mesmo.

Tate! ¹ on 27 de outubro de 2009 01:25 disse...

Acho que já foi dito tudo. Aquelas realmentes são as piores coisas em ser mulher. Mas há uma coisa que foi esquecida, e acho que merecia ser mencionada junto com as principais coisas em ser mulher: O preconceito!
Se um homem trai, a sociedade acha normal. Se uma mulher trai, ela é puta.
Se um homem sai pegando geral, ele é pegador. Se uma mulher sai pegando geral, ela é puta.
Existem profissões consideradas 'masculinas' e profissões consideradas 'femininas'. É claro que seria dificil uma mulher pilotar um trator, por exemplo. Mas não somos menos capazes a ponto de não poder executar profssões 'masculinas'.
Mulheres geralmente ganham menos que homens.
E uma infinidade de coisas.

Desoriental on 27 de outubro de 2009 02:52 disse...

A pior coisa de ser mulher é ser vítima do machismo.

Anônimo disse...

Noosa.......

Você é minha ÍDALA rs rs rs

Pq na minha opinião, parir de "parto normal" não é nada normal !!!

Eu falo isso para minhas irmãs que já tiveram filhos, e elas dizem que eu é que sou fresca !!!

Imagina só: vc tem uma Shereka depilada, bem tratada e que visita o Dr Gineco a cada 2 meses + ou - e daí naquele espaço mínimo do tamanho de um morango, tem que passar um melão.
Não, nã nã ni nã não. A minha Shereka não vai ser virada do avesso, só para que eu possa sentir a santíssima experiência de ser mãe.

Se for pra sofrer por 9 meses e ficar do tamanho de uma foca (mesmo que a gestante não engorde muito, com certeza ela ficará muito inchada, sim senhor) é melhor ter o conforto de uma sala de cirurgia, e ter o bebe da maneira menos dolorida. Ah, eu sei que existe a dor do pós cirurgia, mas tb sei que existem medicamentos para isso.

Marilene on 13 de novembro de 2009 11:34 disse...

assino em baixo e com letra maiuscula tuuudo que vc escreveu aqui...

Marilene on 13 de novembro de 2009 11:34 disse...

assino em baixo e com letra maiuscula tuuudo que vc escreveu aqui...

Anônimo disse...

Tem tambem a dor de perder a virgindade, afinal a menina que perder comigo vai sofre muito! rsrsrsrsrsr

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino