domingo, 16 de agosto de 2009

CF trés chic

O verão não está batendo na porta, mas não se fala em outra coisa. Na moda é assim, rei morto, rei posto. O inverno se despede com liquidações incríveis e as lojas começam a ficar coloridas de novo, além de florais e listradas. Esse verão vai ser neón gente, escreve o que eu estou dizendo.

Sangue Novo

Sabe quando você recebe um e-mail dizendo "abra, você não vai se aarepender, muito bom!!!"? Ninguém acredita né? Coisas boas de verdade não precisam de tanta propaganda. Foi assim que eu conheci a Guapa Loca e sua coleção Brasileira. Assisti ao making of do catálago no YouTube e babei.

Babem comigo:



Amor nas Alturas

A Dijean começa a apresentar os principais lançamentos para a estação mais quente do ano. Para cada linha, a marca buscou inspiração em diferentes elementos, como materiais naturais, estampas diversificadas e detalhes que valorizam os modelos. A plataforma, eterno hit entre os calçados, aparece em diversos modelos, principalmente nas sandálias e tamancos da linha Love. Elementos naturais como palha, madeira, cordas e cortiças combinados com detalhes de tecido xadrez e listras garantem o charme dos produtos da linha, que teeentam de alguma forma se aproximar de uma vibe pin-up.

Com um ar mais romântico e delicado, os tamancos e sandálias da linha Love destacam modelos desenvolvidos com tecidos xadrez, listras e liso, solado em EVA e acabamento em palha escura. A palmilha com debrum sintético finaliza o look dos lançamentos. A princípio, elas chegam às lojas com preços entre R$ 54,90 e R$ 69,90.

Eu, pessoalmente, não sou fã de plataformas assim, não. E vocês?

















Temdênsciaaan

Com o inverno chegando ao fim, as lojas começam a se mobilizar para trocar as coleções. Segundo as análises feitas durante o Fashion Rio e SPFW pelo site de pesquisas de moda e comportamento Stylesight, existem macro tendências que merecem atenção. Alguns exemplos disso são o visual circense, que chega com formas estruturadas, estampas geométricas e muita cor.

Os vestidos de corte reto, tradicionais dos anos 20, reaparecem em tecidos luxuosos como a seda e o cetim, de maneira moderna e com modelagem nova, sem deixar de lado as famosas sais com aplicações. As peças feitas de tecidos leves e transparentes, em conjunto com peças opacas será a chave para criar um look fresco e romântico nos dias mais quentes do verão. A mistura de estampas geométricas, florais, étnicas e animais, em uma mesma roupa, em cores complementares e da mesma cartela, trazem grande criatividade e harmonia que surpreende qualquer fashionista de plantão.

O azul aparece como grande candidato à cor do verão, mas em uma nova tonalidade. O azul acinzentado quebra o esperado colorido da estação, e ganha luz em peças feitas de tecidos nobres como o chifron, o cetim e algodão.
Pra saber o que mais vai acontecer no verão, a Stylesight bolou apresentações de tendências on line GRATUITAS. A próxima acontece no dia 31 de agosto e para se inscrever, basta clicar AQUI.


Em Voga


Quem já comprou a Vogue de agosto, provavelmente já entrou no clima veranil. A edição se antecipa ao calor que está por vir e aponta as peças que devem ser hits da temporada na próxima estação. Entre as tendências pinçadas estão os paetês, que aparecem na capa da revista com Aline Weber. Fotografada por Gui Paganini, a top faz poses com looks monocromátcos, mas cheios de brilho. O segredo, antecipa a editora Patrícia Carta, é mesclar as peças de paetês com itens mais básicos e do dia-a-dia. As cores nude e os tons neon também aparecem na revista, contrastando em um editorial com a top Flávia Oliveira, que foi clicada por Fábio Bartelt na fábrica da Embraer. As roupas são clean e os acessórios gritam.

O destaque também vai para o editorial que apresenta as coleções de primavera/verão. Clicado por Jaques Dequequer , mescla estilistas nacionais e internacionais e mostram as peças que as mulheres vão comprar para usar no verão.

Super Cool

Chegou a Super Cool Market, um novo conceito de moda, com foco no mercado jovem. A iniciativa é das sócias Carla Lamarca, Samantha Barbieri, e Daniela Klaiman, que promovem a venda, compra e troca de peças semi-novas e ainda comercializam sua marca própria e de novos designers. Interativo, o espaço receberá eventos culturais, como lançamentos de livros, exposições, shows e cursos.

O modelo de negócios, difundido nos EUA e na Europa, propõe a compra e venda de peças usadas como alternativa ao consumo de novos modelos. A intenção é reduzir o impacto social e ambiental gerado pela produção têxtil através da reciclagem e reutilização das roupas. Além disso, a Super Cool Market possui o projeto “Instituição do Mês”. Através dele, as peças não comercializáveis arrecadadas em 30 dias serão doadas para uma instituição diferente todos os meses.

A seleção do que será comercializado será feita pelas sócias, que enfatizam o caráter inovador do projeto. "Pesquisamos o mercado e não encontramos nada parecido no Brasil. O desafio inicial é mostrar para os consumidores que não somos um brechó, somos uma fast fashion ainda mais barata. A experiência que queremos oferecer é de como se você estivesse trocando de armário com um amigo que tem um estilo invejável”, explica Carla Lamarca, uma das idealizadoras da Super Cool Market.

Como funciona?

O consumidor leva até a Super Cool Market as peças bacanas que já não usa mais. A marca fará a triagem do que irá para as araras e o consumidor escolhe se prefere ganhar créditos para escolher o que quiser entre os diversos itens da loja ou em dinheiro na hora. O diferencial está na triagem. “Faremos uma seleção rigorosa do que será comercializado e vamos oferecer peças diferenciadas em excelente estado e higienizadas. Queremos mudar os hábitos de consumo e fazer com que as pessoas percebam que é possível se vestir bem com peças de coleções recentes, que não foram muito usadas por seus primeiros donos”, conta a publicitária Daniela Klaiman, uma das sócias do espaço.

Um dos objetivos da Super Cool Market é oferecer uma alternativa para quem pretende reciclar o armário, antes de consumir peças novas. "Estamos em um momento de crise econômica, ambiental e social. Acreditamos em uma nova forma de consumo mais consciente: pagar menos, estar sempre na moda e evitar o desperdício, aumentando a vida útil de cada peça", enfatiza uma das sócias, a publicitária e empresária, Samantha Barbieri.

Além de incentivar o comércio de artigos garimpados, a Super Cool Market conta ainda com um corner com peças exclusivas de novos estilistas, como Rafaela Cassolari, Karin Feller, Onono, Urussai e Gêmeas. E ainda, peças com a etiqueta Super Cool Market, desenvolvidas de forma pontual, sempre com o modelo mais relevante da temporada, “Se a tendência é camisa xadrez, as “checked shirts” por exemplo, teremos a versão Super Cool. Queremos que as pessoas encontrem aqui a peça fundamental da estação sem precisar procurar em 15 lojas até achar” diz Carla Lamarca. A camisa xadrez, primeira aposta do Super Cool Market, será produzida na versão feminina e masculina.

Para saber mais desse bazar chique, entre no SITE do Super Cool Market ou no TWITTER.


Ain, eu quer
o

Patsy, Alice Disse de novo? Sim, que posso fazer se tudo da marca é lindo de morrer? Dessa vez eu me apaixonei pelas Sapatilhas Gueixa Girl. São sapatilhas de cetim com aplicação de 1 botão não é removível de metal estampado (4cm de diâmetro. A gueixinha tem cabelo colorido e uma flor no cabelo). O solado é em borracha anti derrapante e o forro e palmilha em cetim. Mas o grande tchã-nã-nã é que ela vem acompanhada de 1 kit com 5 buttons de gueixinha para você brincar em roupas e bolsas (2cm de diâmetro cada)!

Preço: R$89,00. Aceito doações em tamanho 37, beijos.
Nota 10

As lojas Marisa ainda promovem a liquidação “A Preço de Banana”. Os descontos chegam até 70% em várias peças da coleção feminina outono-inverno 2009. Dá para encontrar camisas que antes custavam R$ 49,99 por R$ 9,99, um suéter que custava R$ 69,99 agora é encontrado por R$ 19,99, entre outras diversas opções. *MORRI*A liquidação é por tempo indeterminado ou até a duração dos estoques.

CF indica!

*Entrei para o Coquelux há duas semanas e já morri internamente várias vezes. O site funciona como um "clube" super fechado e exclusivo de descontos em peças de marcas fabulosas. Tirando a parte do suuuuper exclusivo, é tudo verdade. Os descontos são maravilhosos e duram períodos de 4 a 5 dias. Por exemplo, agora está rolando o evento da marca Erre e os descontos chegam a 70%. Tem calças que custavam R$512,00 saindo por R$199,00. Isso é o suficiente para me conquistar. Para poder comprar, você deve se associar ao clube recebendo um convite. Sem convite, não entra. Mesma historinha do Gmail e Orkut em começo de carreira, lembram? Enquanto ainda tem essa babaquice, me mandem seus e-mails que eu convido vocês.

Boa semana, galere.

Besos,

Patsy

patsy@corporativismofeminino.com
http://twitter.com/patsyzombilly
http://twitter.com/Corporativetes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Patsy às 10:30

9 comentários:

Drama Queen on 16 de agosto de 2009 13:24 disse...

Roupas clean e acessórios gritam *-*

Ainn amo esse post. Faz meu domingo =]

Paula on 16 de agosto de 2009 14:43 disse...

Está rolando um sorteio em www.clicklondon.blogspot.com
Clica lá e olhe as regras,
beijoss

Bel on 16 de agosto de 2009 15:03 disse...

também não abraço essas plataformas das dijean não, hupft!

Joy on 16 de agosto de 2009 17:17 disse...

alice disse com as sapatilhas de cetim! eu quero! lindas! e devem ser tão confortáveis quanto as djean!

Anônimo disse...

dijean é o fim!nao gosto mesmo.
as sapatilhas da alice disse são lindas!! eu quero!

Zíngara disse...

As sapatilhas Gueixa são lindas mesmo. E, ah, gosto tanto de Dijean. O tempo passa e o tempo voa e eu adoro plataforma. Mesmo. MESMO. As revistas de moda gritam que é CAFONA, a população inteira MAS eu adoro. heheh

Adoro quando você traz coisas no post que a gente nem imagina que exista, como essa história da Super Cool Market. Issé Genial, issé ECO também! hehe

;*

Lely (: disse...

amei esse site, Patsy, gostaria de poder me cadastrar, não tenho um blogger, mas sou leitora assidua do corporativismo.
leely.x@hotmail.com

Anônimo disse...

Acabei de conhecer o site e gostaria também de me cadastrar no coquelux. Mandei um e-mail para vc e obrigada pelo convite. O blog é o máximo...altas dicas! Beijo e sucesso.
Dani.

Dani on 12 de outubro de 2009 14:54 disse...

Patsy, poderia me convidar para o coquelux? Fico no aguardo ok! Beijo.

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino