quarta-feira, 29 de julho de 2009

Tadinha, ela é solteira!


Eu não entendo a implicância que algumas pessoas têm com as solteiras, sério! Quando a encheção de saco vem daquela tiazona, dá até pra entender, a velha tem que descontar a frustração adquirida nos 30 anos de casada em alguém, mas e quando é só gente incomodada com seu modo de vida, comofas?

Por que é tão difícil de acreditar que mulheres solteiras podem ser bem resolvidas? Eu acredito totalmente nisso de prioridades, e uma mulher pode sim simplesmente mudar as suas, e olha só, homens nem sempre estarão no topo! O tempo todo mulheres abdicam de um relacionamento em prol da carreira. E se a carreira precisa de dedicação integral naquele momento, nada mais justo. A carreira não é o único motivo, pode ser também a família, a saúde, um objetivo antigo... enfim, são inúmeras as possibilidades, cada um escolhe o que mais te apetece e o torna prioridade, e, geralmente, cada fase da vida exige uma diferente. Talvez essa solteira esteja disponível mais tarde. Talvez não.

Também tem as solteiras que estão disponíveis, mas não é pra qualquer merda. Não é porque tem uma pica no meio das pernas que vai virar namorado, oras. Começar a namorar só para “estar namorando” é que não dá, né. Tem sim que ter critérios de escolha, tem sim que selecionar, e tem sim que ficar solteira enquanto não aparecer um à altura.

Custa assimilar isso?

Interessante é quando uma amiga começa a namorar. Ela não sossega enquanto não arranjar um parceiro para a solteira também. E não adianta a solteira dizer que está bem sozinha, que as prioridades no momento são outras e afins, a amiga comprometida não escuta! Pelo contrário, se acha no direito de, além de determinar o estado civil (ou o que o valha) da amiga, escolher com QUEM ela vai se relacionar, e tcha-ram: marca encontros duplos às escuras surpresas! Ta aí coisa que já vi demais acontecer: Fulaninha conhece o amigo do namorado e, depois de meia hora de conversa, acha que ele nasceu pra beltraninha – a solteirona. Resultado: Encontro FAIL.

Outra mania chata de comprometidos sem noção é passar o número do celular de beltraninha, mas não sem antes “fazer a fita” da guria e se sentir O Cupido. Não é uma atitude altruísta, mas sim pedante, além de deveras perigosa. Sair passando telefone assim é seguro aonde, gente? Vai que o pretendente é um louco de pedra! Antes passar msn e orkut, que aí ela tem pelo menos a opção de recusar.

Se a pessoa está solteira, ela tem um motivo, for sure. E se a pessoa não quer se relacionar no momento, respeitar a vontade não custa nada. Não é porque ela não está em um relacionamento que deve ser vista como coitadinha encalhada. Pode ser só opção e ponto final. E vale dizer que nem todo mau humor é falta de homem, minha gente.

Eu sou comprometida, e, por vezes, invejo muito as mulheres solteiras. Elas não se preocupam em dar satisfação pra macho; não deixam de participar daquela festeenha cheia de gatchos só porque o namorado não vai poder acompanhá-la (e se for sozinha vai ter briga); podem aceitar qualquer convite em qualquer data e qualquer hora; podem viajar pra onde bem entenderem, já que não precisam esperar os planos de viagem ter espaço na agenda de mais ninguém; podem gastar o sábado à noite com as amigas... E eu posso continuar listando coisas que já invejei por horas!

Coitadinha de mim, isso sim!

***


Quer me confessar que já foi uma comprometida-sem-noção? Quer me dizer que é uma solteira convicta e que relacionamentos são tão last week? Quer compartilhar as armadilhas que já caiu? Email-me: dramaqueen@corporativismofeminino.com

Visite também a nossa comunidade no Orkut.

Tema sugerido pela leitora Ana Márcia via e-mail. Thx, Ana! :)



Imagem via gettyimages.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Yasmin às 00:01

27 comentários:

RKBALZAK on 29 de julho de 2009 01:45 disse...

O pior não é isso...
Pior é:
Quem implicava q vc tava solteira, qdo vc começa a namorar, implica pq vc num casa.
Qdo vc casa, implica pq vc num tem filho.
Qdo vc tem filho, implica que o mesmo vai ser filho único.
Qdo vc tem outro filho, implica no modo que vc educa dos dois...
Enfim!!!

Dama de Cinzas on 29 de julho de 2009 07:46 disse...

Algumas mulheres são "tadinhas por que estão solteiras". Porque são uma metade em busca de outra, parece que não são ninguém sem um homem do lado, seja o traste que for...

Eu me separei há alguns poucos meses e me sinto muito bem solteira, com grande dificuldade de pensar em me comprometer, apesar de ter um cara me rondando... rs...

Beijocas

Deja disse...

Bem, ao menos eu já fui cobrado pelos pais... e conheço muita gente que diz assim "se o homem chegou aos 30 e está solteiro, algo de errado ele tem", dando a entender que o fulano é gay.

Sérião.

Cobram que ele seja também um "homem de família", tenha filhos e esposa.

Enfim, deveriam cada um cuidar de suas vidas medíocres e patéticas.

margarida paxonada disse...

Gostaria de entender o porque de, em pleno sec. XXI ainda há essa cobrança... quem disse que a mulher/homem não pode ser feliz sozinho? Parodiando Sex and City 'tirando a companhia na velhice para que mais serve um homem/mulher?' Eu acho simplesmente o ó do borogodó ter que ser educadinha quando as pessoas falam exatamente assim: Noooossa, você é tão bonita... pq não casou ainda? Tá escolhendo muito, hein.
Essa é a mais comum, as outras variam entre deixar implicito que a culpa é minha por ter alguem defeito grave... rsrs
Lógico que é muito melhor ter alguém, mas se não tiver... que que tem?!?! Se eu mesma não me aturar quem é que vai?
Vixe... escrevi muitão... foi mal ai...rsrs

Fernanda on 29 de julho de 2009 10:13 disse...

gostei muito, são reflexões válidas.


no final, o que vale para a mulher é que ela seja bem-resolvida. Solteira ou não.


e sempre vai ter uma amiga querendo te "desencalhar". hahaha


beijo!

Zíngara disse...

Você escreveu super-bem sobre o tema e acabou por ser neutra, pois tem um relacionamento atualmente.

Quando decidi me separar, deixei muito claro para minha família que ficaria solteira por muito tempo e que eles não me cobrassem nada. Hoje noto que quando estou triste... as pessoas logo associam a falta de macho. E eu tenho uma amiga que vive dizendo "Logo você vai arranjar alguém" (como se fosse consolo). PUTZ!

Cris Soleitao on 29 de julho de 2009 11:03 disse...

AAAAHHHHHH... só tenho a te agradecer por esse post!
Muita gente me cobra, principalmente pq eu nunca namorei [não publicamente].
Então já viu, né?!

Minha família acabou aprendendo a parar com isso de tanto levar patada; no começo eu era educada... mas se depois de tanto tempo ninguém entendeu/respeita ainda... eu simplesmente CANSEI. Aliás, o único que ainda não se tocou é meu 'cunhado' [noivo da prima], pq ele é novo na família... mas eu simplesmente o ignoro quando ele começa. Qualquer dia menos dia ele não vai gostar nada da resposta q vai receber!

Esse post tá pra eu esfregar na cara de uma amiga... que é bem o tipo comprometida-sem-noção... e continua sendo sem noção mesmo quando tá solteira. Agente nunca mais sai junta pq ela insisti em me jogar pra cima do amigo do 1º cara com quem ela quer ficar... gggggrrrr... cadê meu direito de escolha????
Recentemente ela tentou me jogar pra cima de um amigo picareta dela... do tipo irritante que fica contando falsa vantagem de tudo... afff!!!

Não vou dizer que agora não tenha vontade de achar alguém, pois fiquei só muito tempo e tá na hora de mudar a rotina. Mas alguém que seja interessante e valha a pena!
É como vc disse, não é porque se está solteira que a primeira Criatura que apareça vai servir... nem pensar!!!
Aliás, de Trastes já estou farta!!!

Mais uma vez MUITO OBRIGADA por esse post... acho que vou imprimir e andar com ele na pastinha, heheheh... [exagerada]

Bjos
Cris

mulherpolvo on 29 de julho de 2009 11:21 disse...

Em primeiro lugar, eu não namoro, eu caso. E aí tudo fica mais complicado, néam?!
Eu escrevi sobre isso hoje. Eu AMO minha vida de solteira, mas um homenzinho pra dar colo... sabe como é... Atoron!
Um porre aquelas meninas que pensam que, por estar sem namorado, sentem-se sem pernas!
Tem tantas vantagens, estar solteira...

Luana Motta on 29 de julho de 2009 11:25 disse...

Olá,

Sou novata aqui como blogueira e estou adorando seu blog!!!!

Seu post sobre a solteirice é demais, o pior que reclamam quando somos solteiras, depois reclamam que começamos a namorar e sumimos e depois ainda quando o relacionamento está durando um bom tempo reclamam que vc não casa logo, meu Deus, é difícil mesmo agradar a todos hahaha

Beijinhos e logo te visito novamente.
Lua

Franciele on 29 de julho de 2009 11:28 disse...

Minhas tias, avós e as vezes até pai e mãe vivem me cobrando isso...
Esses dias mandei na cara de uma Tia: "Não Obrigado, eu vivo uma relação muito bem sucedida comigo mesma!..."
Tenho raíva quando as pessoas falam do nada: "Não precisa ter pressa... Logo vc achará alguém!..." Aí respondo: "Mais eu nem to procurando!..." É triste isso... Mais to bem feliz solteira e não abro mão desse estado civil por qualquer coisa...

Franciele on 29 de julho de 2009 11:28 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
anamyself on 29 de julho de 2009 13:16 disse...

É, solteiros sofrem muita pressão. Eu bem sei.

Mas na maior parte do tempo, sou eu quem sinto pena do povo que namora. Principalmente quando se trata daquele casal de amigos que está junto há 6 anos, desde o colegial. Ou seja: por mais que se amem, e sou super a favor do amor, morro de pena deles por terem desperdiçado a melhor parte da vida num relacionamento de "gente grande". Enquanto eles discutiam a relação, eu ia a festas, enchia a cara, conhecia mil pessoas diferentes...

Sou uma solteira feliz =D

Mas sempre aberta, é claro ;)

Blog do Cachorro Cansado on 29 de julho de 2009 14:29 disse...

Sempre alguém tem alguém para me apresentar. E sempre continuo solteiro depois de conhecer a alguém.rs

Deja disse...

"morro de pena deles por terem desperdiçado a melhor parte da vida num relacionamento de "gente grande". Enquanto eles discutiam a relação, eu ia a festas, enchia a cara, conhecia mil pessoas diferentes..."

Acho que há pessoas que fazem isso e não se arrependem, cada um com seus paradigmas.

Pra mim é o mesmo que ter pena de quem está solteiro...

Ou seja, cada um na sua.

Ana Luiza on 29 de julho de 2009 16:58 disse...

Eu acredito nessa de namora só quando achar que é a hora. Namorei dos 14 aos 17 anos. Foi ótimo, aprendi muito e sofri muito também (explicado pela idade que eu tinha). Terminei o namoro 6 meses antes de entrar na faculdade e passei esse período todo sem namorar simplesmente porque não valia a pena; quando chegasse a hora, eu o faria. Assim, conforme foi comentado acima, aproveitei a faculdade, conheci inúmeras pessoas, vivi muitas coisas que não poderia ter feito se estivesse namorando. Hoje estou namorando e muito feliz. Tudo tem sua época, tudo tem sua hora. E hoje sou/estou muito feliz com minha escolha e meu atual "estado civil". ;)

anamyself on 29 de julho de 2009 17:28 disse...

É, Deja. Mas vamos combinar que as possibilidades de uma vida de solteiro são bem maiores do que em um relacionamento, como dito no post.

Talvez essas possibilidades não atraiam o povo que namora, mas aí já são outros 500.

Deja disse...

ACHO que a cerne do texto era basicamente falar "Ei, eu estou bem solteira", não que isso seja o melhor (porque isso é uma opção individual), porque isso seria contraditório, já que ACHO que a postagem é uma crítica ao fato dos comprometidos também falarem que precisamos disso para estarmos bem, saca?

(Ao menos fiz essa interpretação)

E 'mea opinião é basicamente:

O importante é cada um cuidar da sua vida, ou seja... se eu quiser e estiver solteiro, problema meu! Se eu estiver namorando, também não me venham falar que eu poderia aproveitar mais se estivesse livre.

É isso. :]

(Gostei da sua escrita em seu blog, Ana.)

Drama Queen on 29 de julho de 2009 18:50 disse...

Como eu disse aí no post, por vezes já invejei a vida das solteiras. Mas se eu continuo investindo no meu relacionamento, é porque ainda prefiro assim, né? hehe

O que eu quis passar foi o que o Deja entendeu mesmo: Não há problema algum em ser solteira! Uma pessoa pode ser solteira e feliz, porque relacionamentos não são o ideal de felicidade de todo mundo, oras! E é um pé no saco o povo se incomodando com isso!

Não acho digno de pena quem resolve gastar 6 anos ou quantos quer que sejam num relacionamento, mesmo os instáveis. Para gastarem isso, é porque de alguma forma, VALEU A PENA. E fase boa da vida pode ser qualquer uma. hehehe

Butterfly on 29 de julho de 2009 19:18 disse...

Lembro bem da época em que eu estava solteira, pois fui arranjar meu primeiro namorado aos 19 anos de idade ainde estamos e muito bem juntos. Fatos como estas me lembram como em cada reencontro familiar ou festa de familia vinha um a perguntava tá namorando? Sabe quando as pessoas já sabem a resposta e ainda perguntam....isso mata. Pior depois q comecei a namorar tive q ouvir piadas do tipo "desencalhou".
É froidiz!

Luana on 29 de julho de 2009 22:35 disse...

eu perdi alguns programas por estar namorando, mas o pior: esse é meu ano de vestibular, to total longe das minhas amigas. sempre que sobra tempo vou vê-las.. mas tá foda.
ser solteira é normal, bizarro mesmo é ter namorado. estranho gostar taaanto de alguém.
Beijos

Nina disse...

AMEI O TEXTO E SUPER ME IDENTIFIQUEI!!

Ana Márcia de Lima on 30 de julho de 2009 00:12 disse...

Adorei o texto. Conseguiu transmitir bem a idéia q eu tinha pensado. Vcs são ótimas, corporativetes. Dá vontade de imprimir em uma camiseta pra mostrar pra "certos amigos" na hora propícia. rs Bjokas

Camila Alves on 30 de julho de 2009 02:17 disse...

Comprometidos sem noção são tão last week.
Cada um com seus "problemas" né.
Adoro minha vida de solteira, mas também adorava a vida de comprometida.
Não vou começar a namorar com o primeiro que quiser, só pra estar comprometida.
Mas isso vai de pessoa à pessoa.
Pelo menos comigo, é de fase. Às vezes acho que seria melhor se eu estivesse com alguém, mas depois penso que não adianta estar com alguém só pra não estar sozinha.
Aproveito minha vida de solteira e quando aparecer alguém que valha à pena, me comprometo. hehe

Carola Salgado on 30 de julho de 2009 13:12 disse...

Cara, sei mto bem como é isso. No momento estou namorando mas qdo estava solteira era um inferno. Eu estava MTO BEM OBRIGADA solteira até minha prima (que mora cmgo) começou a namorar. O assunto principal dos dois era "Quem vamos apresentar pra Carola?" GET A LIFE!!

anamyself on 30 de julho de 2009 13:16 disse...

Valeu, Deja!

Voltando ao tema do post:
Concordo com o que você disse, no fim.
Realmente, pensar que sou mais feliz solteira do que meus amigos que namoram há 6 anos é o mesmo erro que eles cometem ao ter pena de mim por eu ser solteira.

Cada um com suas opções.

Tem muito solteiro super carente, que daria tudo para estar num relacionamento - e muitas vezes dá. A quantidade de gente que eu conheço que namora gente nada a ver só por estar carente...
Mas também tem muito namorado que sente ter desperdiçado anos em um relacionamento sem sentido.

empresa de rh on 31 de julho de 2009 16:18 disse...

Impossível agradar todo mundo, simplesmente impossível, sorte de quem não tá nem aí com essa gente que porque tem inveja fica falando mal!!! =)

Fabiana Freitas disse...

AHDSUIHDIUASH, é exataaamente isso! sempre sempre sempre fazem isso cmgo, e é um saco! mas quer saber mesmo, não dá rpa ligar, acho que cada um é feliz do jeito que é, e o que pode ser bom pra agm pode ser ruim pra outra pessoa! entao, se cada fizer o qe é melhor pra si sem prejudicar ngm, e respeitar as atitudes dos outros fica tudo bem! beeijooos enormes!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino