segunda-feira, 20 de julho de 2009

Sobre a irmã que eu escolhi.



Eu a conheci em meados de 2001, e desde então nunca mais nos largamos. Nunca entendi porque nos tornamos amigas, já que nossa única semelhança é gostar de video-game e mangá (Sailor Moon, oi). Ela sempre com suas saias hippies, os peitos de fora, pouquíssimas papas na língua, sentando nas cadeiras de um modo a acomodar melhor suas pernas compridas. Eu baixinha, loirinha platinê, os sapatinhos miúdos fazendo toc toc no asfalto, o drama e a chatice.

Eu sabia que ela era minha amiga, mas tive certeza quando mais precisei, quando estava esquelética, com os cabelos recém cortados, os dedos sentindo falta da aliança prateada com uma pedrinha,e minha vida se resumia a dormir, chorar, ligar pras pessoas, chorar, dormir, estourar o cartão de crédito de papai.

Não lembro porque ela me estendeu a mão, ou que sentido tinha ela me ligar religiosamente no horário de almoço: Já foi comer as mil calorias da sua quarta refeição do dia? Ou quando todos os sábados ela arranjava dinheiro sabe-se lá de onde e batia no meu portão: VAMOS HELENINHA, ENCHER A CARA, SE ARRUME OU MESMA VOU AÍ TE VESTIR! Ou do dia em que ela insistiu pro homem mais bonito que já conheci ir a mesma festa GLS em que estávamos pra ele poder dizer que eu era a garota mais bonita da festa e que ele ia me beijar inteirinha (ui!).

Dos abraços, das idas ao shopping, de sempre me oferecer um cigarro. Com ela nunca tive medo de nada. Nunca houve competição entre nós. Nunca consegui ficar realmente chateada com ela ( a gente já brigou, são quase nove anos de relacionamento, mas se é verdadeiro fica, e ficou!), nem mesmo quando ela me levou num show de rock metaaaaaaaau e eu estava vestida de cor de rosa, do casaqueto até as sandálias. Eu só tenho uma palavra pra descrever tudo isso e essa palavra é mais que amizade: é amor. Incondicional.

Li não sei onde que, cada pessoa tem em média sete almas gêmeas, que podem vir como amigos ou como amor mesmo. Posso dizer que ainda não encontrei o homem com quem vou me casar mas com certeza agora me faltam só seis almas gêmeas, uma delas eu encontrei e nunca mais vou deixar ela ir embora. Nos momentos mais tristes e mais felizes da minha vida, ela estava lá e eu quero que ela esteja para sempre.

Porque amizade é isso, ela sabe que eu vou estar aqui sempre quando ela precisar, que vou amá-la sempre do jeito que ela é. E eu sei que ela me ama. E que é pra sempre.

Feliz dia do amigo, Caroll.


=)

Heleninha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Heleninha às 00:01

11 comentários:

Bel on 20 de julho de 2009 09:48 disse...

Feliz dia do amigo, meninas!! :D

http://www.yonkis.com/mediaflash/unmillon.htm (com som!) haha.

Kaponn on 20 de julho de 2009 09:57 disse...

Eterno, porque sabemos que é real! Te amo Helena

anamyself on 20 de julho de 2009 12:27 disse...

Que coisa linda!

Amigo é a melhor coisa do mundo. Me enfurece povo que troca amigos por namorado...

Amigo tá lá pro que der e vier.

E gostei dessa história das 7 almas gêmeas...

Acho que já encontrei mais da metade, tudo em forma de amigos!

*Bee* on 20 de julho de 2009 16:27 disse...

Heleninha, sempre me arrancando lágrimas com seus textos doces e melancólicos (da alma!!) a um só tempo!Que lindo...

Camila on 20 de julho de 2009 17:10 disse...

Feliz dia do amigo, meninas. hehe
Já encontrei 2 almas gêmeas, amigas também.
Texto tá lindo.

Patsy on 20 de julho de 2009 17:11 disse...

aaain, feliz dia do amigo lindonas :)
minhas corporativetes são amicassas =*

Drama Queen on 20 de julho de 2009 18:28 disse...

Feliz dia do amigo, corporativetes de mi vida!

mulherpolvo on 20 de julho de 2009 19:06 disse...

Que lindo.
feliz dia do amigo para todas vocês. Ou para todas nós, pq sou amiga tb!!! kkk

Patsy on 21 de julho de 2009 00:13 disse...

Agora que vi, a amiga da Heleninha comentou oooonnn
^^

Zingara on 21 de julho de 2009 12:07 disse...

Ai, preciso de uma companhia AO VIVO feminina ultimamente... Quero uma Carol berrando para eu me arrumar e não sair por aí com um grampo de PRÁSTICO no cabelo....

Diana Bitten on 21 de julho de 2009 18:20 disse...

A-D-O-R-E-I!

Principalmente pois tenho uma alma gêmea igual a sua! ;)

Ótimo post!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino