domingo, 5 de julho de 2009

O primeiro beijo

Eu já não era nenhuma menininha quando dei meu primeiro beijo. Motivo esse, que somado a um bobo orgulho, fazia com que eu não contasse pra ninguém que eu nunca havia beijado, afinal, tem coisa que é melhor não ser dita. Ou não.

E de mansinho, ele havia se tornado um grande amigo. Nunca o vi com outros olhos - ao contrário do que nosso círculo de amigos via: um potêncial casal. E foi assim que a turma planejou meticulosamente um encontro entre os dois, marcaram um cinema com toda a turma (devia ter umas 10 pessoas, ao todo), e obviamente, fizeram com que nos sentássemos em lugares estrategicamente posicionados.
E minhas "amigas" me pressionavam pra dizer se eu gostaria de ficar com o dito cujo, eu nem sabia o que dizer (elas não sabiam que eu nunca havia beijado, e eu nem sonhava em contar!) . Eu não estava apaixonada por ele, fato, mas por tanta pressão, acabei cedendo a esse, que foi o primeiro e último encontro arranjado da minha vida.

E passei o filme inteiro com aquela expectativa, ouvindo a respiração ofegante dele, e nada de atitude. Acho que só quando ele percebeu que as letrinhas iam subir que optou por fazer alguma coisa. Ele perguntou se eu queira ficar com ele (TUDO ERRADO) – tudo que eu menos queria naquele momento era uma pergunta. Diante do meu silêncio, ele me beijou. Não foi horrível, como muitas meninas se referente ao primeiro beijo, mas eu, que não conhecia os segredos do beijo, não achei nada atraente aquela língua frenética na minha boca. Fato.

E aquele dia se passou, e eu não sabia o que fazer com ele. Saí com ele apenas mais uma vez, sem entender direito se eu gostava ou não daquela situação, enquanto ele, demonstrava cada vez mais querer algo sério. Eu só me dei conta de que a idéia de namorar me apavorava quando ele continuou a me procurar – e quando ele ligava pra minha casa – céus, eu queria que aquilo nunca mais acontecesse. Achei por bem parar por aí, na segunda ficada. Eu me sentia culpada por ter deixado aquilo acontecer por pura pressão dos amigos, já que claramente, não era a mesma situação dele. Ele de fato gostava de mim (eu acho).

E depois disso, ele me escrevera um e-mail enorme (sim, já beiravamos a era digital), se desculpando por ter sido tão desajeitado, por não ter agido corretamente e por uma série de coisas (coisas que eu jamais questionei) – e no fim ele dizia que se cobrou muito por isso, até perceber que ele não podia se cobrar tanto, já que era a primeira vez que aquilo acontecia com ele.

Só ai eu descobri que também havia sido o primeiro beijo dele. E enquanto eu, nunca havia pensado a possibilidade de contar que aquele havia sido meu primeiro beijo, ele se entregou, dizendo o que aquilo havia significado pra ele.

Se depois disso eu contei pra ele que também havia sido meu primeiro beijo? Não, ele nunca soube. NINGUÉM soube (quer dizer, agora todos os leitores desse blog sabem). Não fui corajosa como ele. Podem jogar pedras, eu fui uma monstra! - e não me orgulho disso.

Fazem quase 10 anos. Nunca mais o ví, nunca mais conversamos, embora não raramente, recebamos convites para os mesmos eventos, já que temos amigos em comum.

Desde então acumulo karma por essa culpa. Só me fodo no amor, só pode ser castigo!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Ivete C. às 02:10

18 comentários:

Dama de Cinzas on 5 de julho de 2009 08:16 disse...

Minha vida como é toda maluca, eu transei antes de beijar, porque minha primeira transa não foi com a pessoa que queria... então guardei o primeiro beijo pra alguém que realmente quisesse. E quando aconteceu foi super legal...

Conta pro rapaz o que tá engasgado, vc vai ver que nem é tão difícil confessar coisas.

Beijocas

Smiile on 5 de julho de 2009 11:26 disse...

Primeiro beijo é uma coisa que realmente assusta. Você não sabe o que fazer ou como fazer, e menos ainda o porque de estar fazendo aquilo. Mas por mais que tentemos negar, é sempre especial. Tirando pelo seu exemplo, na época não foi, mas tenho certeza que agora lhe aprece algo mágico não? hihi

Beeijos *:

Zin disse...

Acho que temos QUE SER cruel em algum ponto da nossa vida, não há escapatória. E vale dizer que você não foi CRUEL? Não foi. Cruel teria sido com você se continuasse algo que não queria DE VERDADE...

Eu teria orgulho da sua postura. Pois pouco me orgulho das minhas que são sempre pra agradar O OUTRO e não a mim. Na verdade, estou APRENDENDO a cuidar de mim, fiz isso poucas vezes...

Marina on 5 de julho de 2009 15:26 disse...

Você fez o que achou certo na ocasião. O que não dá é vingir e enganar o outro.
E eu também não contei que era BV quando beijei pela primeira vez...

Cris Soleitão on 5 de julho de 2009 17:25 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Soleitão on 5 de julho de 2009 17:26 disse...

Nossa, a história do meu 1º beijo é muito parecida com a sua!
Eu tbm já não era uma menininha e tbm não contava para ninguém... apenas minha melhor amiga sabia. Não era nem tanto por orgulho, mas justamente para evitar pressões, palpites e julgamentos sobre minha vida pessoal.

Um dia conheci um cara que parecia ser muito especial... mas ele apareceu na hora errada, infelizmente.
Quando marcamos de ir a um compromisso juntos ambos já sabíamos que iríamos ficar sem ser necessário dizer. Mas eu sabia que ele era BV.. porém nunca, nem sob tortura, eu contaria a ele que era tbm.

Aquele dia foi simplesmente MÁGICO pra mim e sem dúvida, foi o melhor beijo da minha vida.
Não me arrependi nem um pouco de não ter cedido a pressões antes!!!
Se me arrependo de algo é de não ter ficado mais tempo com ele aquele dia (como ele me pediu) e de ter agido como uma completa cretina com ele, quando começou a ficar sério... E terminei. Mas como eu disse, infelizmente ele apareceu na hora errada!

Bjos meninas...

Bel on 5 de julho de 2009 17:41 disse...

Tentando lembrar se fiz algo assim no meu primeiro beijo, pq acho que eu acumulo esse tal de karma também, só me fodo. hahahaha.

A Menina e o Blog on 5 de julho de 2009 22:07 disse...

minhas amigas falaram tanto do primeiro beijo que eu fiquei doidinha pra beijar tbm ... fiz e nao gostei ... a mesma coisa foi na primeira .. fiz e nao gostei ... mas depoooooois que a gente aprende tudinho .. :D

bjos

Butterfly on 5 de julho de 2009 22:27 disse...

Benditas amigas...hoje eu olho p/ trás e vejo quanto sonsa eu fui ao ceder as idéias de minhas amigas...bem até hoje não sei se foi apenas o meu 1º beijo ou se foi do muleki tb...mas p/ mim q nunca tinha beijado...foi extremamente tralmatizante...quase q sai do cinema *todo mundo adora essa idéia do cinema* toda alagada...(sim, o menino babava mais doq beijava)...talvez vcs perguntem pq eu continuei lá...p/ ser sincera não concegui, naquela hora me veio tantas coisas na cabeça, tive vontade de sair correndo, fingir ir ao banheiro e não voltar mais e até mesmo começar a chorar. Pois bem isso sãa fatos q nunca esquecemos...mesmo tentando.

:P

Hermilaine on 5 de julho de 2009 22:35 disse...

Oie,amei o blog.Show de bola.Tô seguindo.Boa semana pra você.

Linda Carioca on 5 de julho de 2009 23:24 disse...

Nem te conto com que idade eu dei meu primeiro beijo, rs, foi tão tarde ! BJS!

Deja disse...

Meu primeiro beijo foi tão bom que começou lá pela meia-noite, e terminou lá pelas 5 da manhã.

- Bahh' on 11 de julho de 2009 15:20 disse...

[/Primeeira vez aqui, adoreei'/] haa meu primeiro beijoo fooi regular, maais o parecido foi o fato que ngm sabia que eoo nunca havia beijadoo ngm, aii láh fui eu com a cara e coragem achando que seria horrivel (porque me falavam que o primeiro era horrivel) e acabou sendo regular.. boom de se lembrar..

Marina disse...

A pior coisa é beijar por beijar. Só por ceder a pressão das amigas. Acho que deveria contar pro dito cujo que também foi seu primeiro beijo, quem sabe não acaba esse carma.

Meu primeiro beijo, ao contrário da maioria, foi ótimo (e tarde também). E ninguém sabe até hoje que aquele foi o primeiro. De alguma forma eu sabia o que fazer na hora. Foi com carnho, sem pressão, sem planejar nada antes. Não me arrependo de não ter feito nada antes

Marden on 25 de julho de 2009 01:42 disse...

Bom meu primeiro beijo tbm foi bem tardio... digamos que já tava mais que na hora kkkk... mas eu ainda era pra lá de besta... ela me mordeu (mordidas normais, mas como eu ia saber?) sei que eu tomei um susto na hora puxei a cabeça pra traz, e ainda fiz cara feia olhando pra ela como se olha pra uma criança que quebrou um vaso da mesinha de centro! e fiquei sem beijar ela por mais ou menos uma hora hhhahhahaha! mas foi bom... e tenho saudades dela ainda hj...

anamyself on 30 de julho de 2009 15:52 disse...

Eu lembro quando eu tinha uns 14 anos (já tinha beijado) um cara que eu era afim pediu pra ficar comigo. A frase:
"Quer ficar comigo?"
HUAHUAHUHUA JURO que eu comecei a rir, e miei total o esquema. Imagine só.
Coisa mais brega pedir pra ficar.

dezinha marques disse...

Eu naum dei meu primeiro beijo ainda, e me culpo muito por issu.
Em um dia eu tinha marcado de sair com um menino que naum era BV mas sabia q eu era, eu fui e encontrei ele só que quando ele foi me beijar eu naum deixei, porque eu estava morrenduu de vergonhaaa...
Agora eu vejo q fiz uma besteira naum deixando ele me beijar, só que agora é tarde pois passado é passado.
Na hora, eu só pensei em sair correnduu e nunca mais olhar pra cara dele e foi quase issu que eu fiz.Que burraaaa que eu fuii né??
Mas agora vou aguardar um outro momento pra poder dar meu primeiro beijoo...
Confesso q vou ficar anciosa, mas eu tenhoo muito meduu e vergonha de beijar. AFF eu naum queria q fosse assim...
PS:Eu ameei esse blog e vcs me ajudaram a ver q sentir vergonha no primeiro beijo é normaal e q é só dexar rolar q vai dar tudo certo. VLW meninas
BJOS

mikelly on 17 de janeiro de 2010 04:08 disse...

oi meninas!!!O meu primeiro beijo foi bem tarde em comparação aos das meninas hoje fou ano passado eu tinha 16 anos e foi com um professor estágiario da mina escola ele tinha 21 anos era bem bonitinho tinha um papo bom e depois de mt conversas comecei a gostar dele,ele sabia q eu era BV ele me perguntou se eu já tinha bj e eu disse q ñ!ai foi perto da escola q era perto do meu trabalho tbm,eu ñ gostei mt pq eu ñ sabia o q fazer...mais com o tempo foi melhorando.eu namorei com ele e passamos quase 5 meses juntos!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino