terça-feira, 28 de julho de 2009

Hoje vai ter uma festa?


Hoje é meu aniversário e eu tinha prometido a mim mesma parar com posts temáticos, mas sou narcisista, me taquem pedras. Cheguei a um quarto de século (números pararam de ser mencionados no último segundo de 27 de julho) com a confiança de uma lata de sardinhas. Afinal, com essa idade eu já deveria ter alcançado o mundo! Mas, estou aqui, no meu quarto, na casa de meus pais, observando meus presentes e pensando "aonde eu errei?".

Tudo começa láááá atrás, na adolescência, quando você imagina que aos 18 anos sua vida vai deslanchar. Clap clap para quem conseguiu, mas aos 18 eu estava no mesmo lugar. Iniciei a faculdade e realmente comecei a amadurecer. Mas, imaginar que já estaria me virando sozinha, morando em lindo loft com duas amigas super modernas, saindo todas as noites para a balada e curtição... foi apenas imaginação.

Tudo culpa de uma romanceada que aconteceu com muitas meninas da minha época, uma espécie de síndrome de Barrados no Baile. Esse espírito "vamos conquistar o mundo" deu uma grande levantada no ego aos 16, mas agora no quarto de século é decepcionante. Estou desacreditando essa adolescente dentro de mim, que abominaria saber que estaria, dez anos depois, na casa da família e na segunda faculdade, com poucas perspectivas.

Mas...

... sempre tem um mas.


Essa menina era uma anta, viu? Era uma sonhadora irreparável, que acreditava em TUDO que sua mãe dizia e mais um pouco. Ela era egocêntrica e mimada ao extremo, cheia de vontades e nenhuma coragem de levantar e correr atrás. Essa babaquinha dentro de mim queria o mundo e achava que em um estalar de dedos, tudo aconteceria. Babaquinha.

Meu bem, kiss my ass, porque você é uma frustrada e EU, a Patsy de um quarto de século, farei tudo que você almejou, mas não quis conseguir. Eu vou terminar minha faculdade e ser uma profissional foda. Eu vou juntar meu dinheiro e viajar o mundo. Eu vou sair da casa dos meus pais e decorar meu apartamento com estilo. Eu vou ser FELIZ e você sempre vai saber que EU consegui isso, enquanto você cruzou os braços.

E, simples assim, dentro das minhas esquizofrênicas conversas confusas com minhas Patsys interiores, eu superei a crise. Morra de inveja, biátchy. E parabéns para mim :)

Contem para mim suas crises de aniversário também? Quero me sentir menos maluca hahahaha

Besos,

Patsy


patsy@corporativismofeminino.com
http://twitter.com/patsyzombilly
http://twitter.com/Corporativetes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Patsy às 00:45

21 comentários:

Rachel disse...

Patsy,

um primeiro lugar, meus parabéns pelo niver e, principalmente, pela ATITUDE de mandar todas as Patsys que se auto-boicotam p/ bem longe! Começou mandando muito bem a Patsy versão 2.5! :)

Em breve, estarei comemorando (I hope so!) minha versão 2.5 tb e, nada mais animador e motivante do que ler um texto como o seu!

Também me imaginava super "Miss Independent" aos 25, morando no meu apê lindinho, cheia de auto-confiança e liberdade. Mas, ainda tô no mesmo esquema q vc! Decidi fazer uma faculdade sem fim (Medicina - acaba esse ano..ufaa!)que somado a n-fatores me rendeu incontáveis crises existenciais, principalmente nessa fase que antecede o niver.

"Será que escolhi certo? E se eu tivesse feito Direito? Será que já pagaria minhas contas? E se..."

Chega de tantos questionamentos! Tb vou mandar todas as Rachéis sabotadoras p/ Plutão e olhar p/ frente! SÓ p/ frente! =)

De novo, parabéns!!

ândria disse...

Feliz aniversário Patsy! e força pra conquistar tudo o que vc almeja.. voce consegue! =)

Tenho 18 anos e sou a mesma Patsy que você era aos 18! Mas dps de ler esse post (e dps de algumas conversas interiores também) hahah vou dar uma sacudida no esqueleto e não esperar fazer 30 anos pra acordar e ver que joguei minha vida fora porque não tive coragem suficiente pra ir atrás do que eu queria (quero). To indo morar sozinha semana que vem (cidade diferente também). Vou entrar na faculdade (medicina) e dar minha cara a tapa.. =P Me deseja sorte? Vou precisar!

Patricia Cunha on 28 de julho de 2009 05:12 disse...

Olá, um super feliz aniversário para você, mas deixa eu me apresentar primeiro: eu sou Patricia Cunha, moro na Bahia,leio seu blog todos os dias e simplesmente ADORO. Esse seu post de niver é SHOW!! Completei 29 esse ano, mas por incrível que pareça não fiz muitos planos aos 18, sempre tive muita vontade de crescer e vencer, mais como sou muito determinada, sempre achei que seria uma questão de tempo. Com 24 comprei meu AP, ainda moro como meus pais por opção e adoro!! Com 25 terminei a faculdade e em seguida fiz minha pós, as coisas foram acontecendo naturalmente, daí fui promovida na empresa que trabalho, fazendo o que gosto e sou muito feliz com minhas escolhas. Ano passado comprei meu carrinho lindo e hoje o que sinto falta é de um filho. O que estou tentanto dizer é que, com o passar dos anos, suas necessidades vão mudando e o que você sente falta hoje, não fará mais sentido futuramente. Não podemos deixar de acreditar na nossa capacidade e lutar sempre.
Desejo que você alcance seus objetivos e não desista nunca, tudo é uma questão de tempo e força de vontade.
Bjs

Zingara on 28 de julho de 2009 09:55 disse...

PARABÉNS, PATSY!

Acho incrível como você descreve o que sente e, melhor, com muito humor, independente do tema. Como você sabe, estou bem diante dos 30 anos, faltam poucos meses (janeiro, oi!), tenho um filho, estou sem emprego fixo e fazendo coisas que não precisaria de diploma nenhum... Total fracasso, eu diria. Mas não posso vislumbrar a minha vida toda assim, do contrário não terei forças para fazer algo melhor.

Aniversários me deixam cheia de reflexão e eu levo uma injeção de "Se ligue". Eu até gosto, se não fosse alguns fios brancos que surgem tímidos bem na franja. ;P

CURTA BASTANTE O DIA! MUITA SAÚDE E DISPOSIÇÃO PARA ABRAÇAR O SUCESSO!

Beijos,
Zin

Nathália on 28 de julho de 2009 11:32 disse...

Ola,
Em primeiro lugar Parbens!! Vou me apresentar primeiro, meu nome e nathalia e hoje tb e meu aniversario e por acaso abri sua pagina no twittwr e achei bem legal!!
Nossa este texto é exatamente o que eu senti qd acaordei hoje, fiz 26 anos, um pouquinho a mais de um 1/4 de seculo e se algum amigo que eu desabafo me mandasse este texto falando que escreveu pra mim eu acreditaria, voce descreveu muito a briga entre as mil nathalias que existem dentro de mim... Que bom pelo menos nao sou a unica louca do mundo!!
parabens, vc ganhou mais uma seguidora!!! Bjao e tudo de melhor pra vc !!

tereSafur on 28 de julho de 2009 11:46 disse...

guria, parabéns (atrasado), tudo de bom e muito sucesso

complicado demais... eu passei pela mesma síndrome... e chegando nos 30 me sinto a maior loooooser do planeta, o q fazer? lutar p sair dessa condição rsrsrs
q nos próximos anos estejamos escrevendo de nossos lofts em paris acompanhadas de uma garrafa de veuve cliquot :)

bjs

Deja disse...

Parabéns moça, eu sou um fã de suas postagens, admiro muito o seu humor, o tom da sua escrita... Esse blog ganhou em muito com a aquisição do seu passe.

Agora paga umas bebidas pra galera.

Cris Soleitao on 28 de julho de 2009 12:32 disse...

Olá Patsy!
ADOOOORO seus posts... e quase sempre me identifico.

Chego há 1/4 de século em Janeiro próximo já to numa semi-crise igual a sua.
Quando vejo aquele maldito comercial do "renew avon" eu tenho ânsias!!!

Eu fui a mesma babaquinha!
Achava que a essa altura já estaria morando sozinha e, de preferencia, fora do país.
Linda, poderosa, independente e auto-suficiente!!!
E olha eu aqui ainda... estática... na casa dos pais.
E o pior, ainda não consegui terminar a 1ª facul [não totalmente por culpa minha].

Felizmente acordei antes mesmo de fazer 24 e DECIDI que correria atrás. E felizmente uma porta se abriu pra mim esse ano... então espero que até Janeiro eu possa dizer que já comecei a sair da mesmisse, mesmo que em cima da hora!!! rsrsrs...

Bjos...

Sorte pra vc e pra todas da nossa geração!

Cris

.Intense. on 28 de julho de 2009 13:59 disse...

"Cheguei a um quarto de século com a confiança de uma lata de sardinhas."

#rimuito
sério.rs ainda não tive grandes crises de aniversário...mas estou me preparando pra desse ano, 23 anos e mtos planos pela metade - tou correndo atrás, mas eles demandam uma coisa chamada 'tempo' que, bem, não condiz mto com meu vocabulário oi-quero-tudo-rápido-pra-ontem-tchau. o tempo passa, eu me frusto, faço 23 anos e aí vai....espero sobreviver. =~

Parabéns pra vc [nesta data querida... ¬¬], torcida feminina aqui pela força pra mulher-gente-grande-Patsy...e obrigada pela visita no Excesso Intenso. Só pelo seu coments entendi que vc sacou exatamente oq eu quis passar e, que sim, mesmo de longe a gente pode se imaginar vivendo os fins de domingos quase da mesma forma.

;)
bjo grande


ps.: acabei de me dar conta daquele quadrinho de referências ali do lado...sério q esse tantod e gente chegou aqui via Excesso Intenso, ou eu entendi errado? =p

Danny costa on 28 de julho de 2009 14:44 disse...

pARABENS Pra vc!
Sempre leio o blog
Adoro de Paixão mesmo

E eu queria dizer
que tbm to nessa situação
isso pq eu tenho 21
=/
Mas vamos la a vida nao para

Patsy on 28 de julho de 2009 14:58 disse...

gente, vocês fazem os recados mais fofos do mundo. juro. eu vou responder aqui mesmo um a um mais tarde. o único problema é que mais tarde eu vou responder com muito álcool na mente, então se preparem para rir da minha pessoa festiva =P

(L) para vocês, esse carinho me faz muito feliz =****

um obrigada enorme.

Patricia Bernabé on 28 de julho de 2009 16:03 disse...

Patsy Feliz Aniversário!!!

Tudo de bom para nós duas, hoje tb é o meu aniversário!!!

Bjos e muita comemoração!!!

Anna Oh! on 28 de julho de 2009 16:06 disse...

Meus parabéns, moça! Pelo niver e por enxergar coisas mto além do q uma porrada de gente enxerga. Ó, começo de conversa, essa coisa dos 18 anos é febre mesmo, eu tive, vc teve, todo mundo teve... e hj em dia tudo anda um pouco mais devagar. A gente alimenta a expectativa, então, de ter conquistado tudo até os 30. No fim das contas, não importa tanto quando conquistamos, mas com que meios, com q esforço, e a conquista em si, poxa...
Portanto, ainda que com meus 21 eu me cobre tb a ter feitos e mais feitos, espero somente conseguir fazer.

Bjões!!!

anamyself on 28 de julho de 2009 16:28 disse...

Poxa, você ganhou PRESENTES.
Eu só ganho garrafa de vodka, que é pra ser bebida na ocasião! ahhahah

Parabéns!

Ariane disse...

Parabééns :)!!Desde os 19,que quis parar de fazer aniversário,sério,queria ter 19 por muuito tempo ainda (tudo bem que eu tenho 20? haha).Não trabalho,nom faço faculdade,moro com meus pais.e ando com a perspectiva 0.Foda crescer ;/.

meuladocontido on 28 de julho de 2009 18:25 disse...

Oie!!!

Feliz Aniversário...

Ai menina daqui à cinco meses eu completarei 25.
Em dez anos a diferença em minha vida foram poucas viu, uma super siginificante e bem vinda: Um filho.
A outra foram tristes ganhos.... de peso.

Mas juízo está chegando devagar...


Beijos e muita sorte!!

*Bee* on 28 de julho de 2009 20:24 disse...

PATSY, meus parabéns, muuuiiitas felicidades e muita garra! Ainda que você tá exatamente no quarto de século, eu já passei dele. E só me dei conta quase um ano depois, há poucos meses!

Beijo.

Drama Queen on 28 de julho de 2009 21:02 disse...

Xu, parabéns de novo.
E olha, acho que 25 anos É POUCO! Ainda tem MUITA VIDA pela frente. Não fique frustrada por nada ;D

:*

Camila Alves on 28 de julho de 2009 22:17 disse...

Patsy, parabéns.
Que você consiga alcançar todas as suas metas.
E parabéns também por todos os seus textos. Adoro suas postagens.
Rio muito. hehe

Beijo.

Mel on 28 de julho de 2009 22:34 disse...

Aniversário faz a gente por tudo na balança mesmo. Será que vai chegar o ano em que olharemos para trás pensando 'nossa, agora eu sou foda"?

Patsy surtando no blog! Vou mandar umas caixas de Rivotril aí para o Rio de presente hein hahaha

Beijos queridíssima e mais uma vez, parabéns!

Carol Fonseca on 28 de julho de 2009 23:32 disse...

ô querida,eu passo por isso assim mesmo,ainda mais quando vejo outras com menos idade que eu e com metade de seus anceios concretizados,eu piro!
mas acredito que cada tem seu tempo,e as coisas melhoram e acontecem na medida em que se adquire maturidade pra aceitar as mudanças.
como minha mãe sempre diz.o tempo é o senhor da razão!
beijão,feliz niver!

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino