segunda-feira, 6 de abril de 2009

Pensando naquilo


Por muito tempo o sexo foi alvo de repressão, principalmente no tocante às mulheres. Mil regras de conduta pairavam sobre nossas cabeças e qualquer manifestação mais ousada fazia com que o respectivo "macho" se questionasse quanto a decência de sua mulher.

Hoje as coisas mudaram e ouso dizer que o panorama praticamente virou do avesso. Relativamente livres de proibições e preconceitos e com os mais diversos métodos contraceptivos ao alcance das mãos, o que antes era proibido parece hoje ter se tornado obrigatório.

Não é raro encontrarmos jovens (jovens até demais) encarando a virgindade como um peso a ser tirado das costas e mulheres que fingem orgasmos. Mais comum ainda é vermos o sexo como uma espécie de competição. As pessoas sentem verdadeira obrigação em manter-se sexualmente ativos, viris, incansáveis e provocantes todos os dias da semana. Verdadeiras máquinas.

E se tem uma coisa que somos todos obrigados a concordar, é que seres humanos não são máquinas.

Mas apesar disso, quando se encontram fora desse padrão, desse modelo de gente insaciável que nos é imposto, o sentimento de frustação parece muitas vezes inevitável. E da frustração para uma disfunção sexual é um pulinho.

Tanta expectativa em torno de algo que deveria ocorrer de forma natural não poderia mesmo resultar em boa coisa.


A indústria do sexo também colabora com isso. O assunto interessa a todos e as pessoas investem em revistas, filmes, livros que traduzem uma realidade que não é humana. Quem nunca leu uma Revista Nova com aquelas promessas "1001 posições e dicas que vão levar você e seu gato a loucura"? Será que a gente já não faz isso normalmente? Precisamos mesmo subir no lustre num ângulo de 85º para termos uma vida sexual satisfatória?

Revolução sexual a parte, acredito que a ansiedade que pairava em torno do sexo não desapareceu, apenas mudou de foco.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Mel às 07:12

0 comentários:

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino