sábado, 7 de março de 2009

A Linha Tênue entre o Romantismo e o Exagero.



Um ex – namorado meu sempre reclamou que me achava “fria”. Um dos motivos que determinou o final do relacionamento foi esse. Ele reclamava que eu não escrevia nada para ele e que a ex dele tinha escrito 300 cartas.


Bom, eles namoraram 7 anos e nós tínhamos apenas 2 meses... o que eu teria para escrever em dois meses?
Aí eu respondi: “Então, se você já tem 300 cartas de amor, para quê mais?” Acho que isso magoou o donzelo.


Eu não me acho menos romântica que as outras, só porque tenho atitudes mais contidas. O amor para mim é coisa séria! Não saio por aí abrindo meu coração para qualquer pessoa, eu preciso sentir algo DE VERDADE. Como dizer para alguém que está na minha vida há dois meses, que ele é especial? Eu nem sabia ainda. E assim eu sigo em relacionamentos, nada de ficar de amorzinho logo de cara.


Sério, de que adiantam cartas, declarações e milhões de coisas, se as ATITUDES da pessoa são completamente diferentes do que ele diz.?
Prefiro mil vezes o homem que não fala coisas românticas, mas age e demonstra.

Lembro que, a única vez que eu fui uma namorada grudenta e pegajosa, tinha 16 anos.
Fazia parte da idade e da magia do primeiro amor, escrever bilhetinhos nos guardanapos, guardar as entradas do cinema, guardar o primeiro saquinho de pipoca divido, marcar na agenda o aniversário do primeiro beijo, fazer um cartão todo mês... E etc.

Confesso, eu sinto falta sim de um relacionamento que me desperte essas vontades, mas EU não sou dada à exageros românticos.

O que EU, BRUXA, acho exagero:

- Ligar o dia inteiro para dizer que ama (porque amar é mais que dizer);
- Torpedo de cinco em cinco minutos dizendo que está com saudade;
- Ficar cruzando os nomes e pensando no futuro sobrenome e nome dos filhos.
- Resumir sua vida, seus horários e sua existência em função do outro;
- Carro de som, faixa na calçada, outdoor (sério, termino um namoro se alguém faz isso comigo).


Não tenho medo de ser eu mesma, não forço a barra para agradar o namorado e me esforço ao máximo para não ficar paranóica, esperando ligação.

Vai ver é por isso que eu não estou namorando. No fundo, acho que grande parte dos homens, gostam de mulher mais para “princesinha” do que para “bruxinha”.

Bom, eu não espero por um príncipe também, acho os sapos mais reais.

Beijos e excelente semana.

B.Beiçola.


**********************************************************************************
Para e-mails apaixonados, declaração de amor e pedidos de casamento, entre em contato pelo e-mail: bruxinha@corporativismofeminino.com
**********************************************************************************

Querem conferir o que foi assunto nesta semana na nossa comunidade?!

Dieta X Academia X Reza Forte...

O Drama dos Cabelos Cacheados

Elegendo produtos baratos e eficazes

MODA: Você usaria?

Cuidado com a maquiagem!

Entre lá e participem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por B.Beiçola às 12:01

0 comentários:

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino