sábado, 14 de março de 2009

Despindo a SAIA-JUSTA!

Já teve vontade de enterrar a cabeça no chão, feito avestruz, para se livrar de uma situação constrangedora? Quantas vezes você quis usar o atalho ctrl + z para eliminar aquela frase dita impensadamente?

O desejo é ser catapultado para o Japão ou, talvez, escolher a opção "perguntar AOS UNIVERSITÁRIOS" (o que não é nada inteligente). Por isso, decidi listar saias-justas e suas possíveis saídas. Não que essas dicas sejam as corretas. E nem acho que você vá colocá-las em prática, afinal não vestimos a SAIA-JUSTA com aviso-prévio, simplesmente COSTURAM a bendita em nós.

1. ENCONTRAR UMA PESSOA (VACA, você quer dizer) USANDO A MESMA ROUPA QUE A SUA NUMA FESTA
MOÇA DO VESTIDO 1: Você tem bom-gosto! Tudo bem, em mim ficou melhor!
MOÇA DO VESTIDO 2: Verdade! - risada esmaecida.

Situação muito comum no meio artístico, e olha que elas compram vestidos em lojas de grandes marcas. Você deve estar pensando "Ok, não sou famosa, compro minhas roupas na Riachuelo". Certo, até você pode driblar essa situação, mesmo que a chance de encontrar seu vestido em cada esquina seja de 90%.

A melhor coisa a se fazer é RIR DA SITUAÇÃO. É isso mesmo: RIA. Se você fica roxa de vergonha e tenta se esconder, mantendo-se 5 km de distância da vaca, digo, pessoa com o vestido igual ao seu, VALORIZA AINDA MAIS O CONSTRANGIMENTO.

Em festas (talvez até no dia-a-dia, depende do clima da sua cidade) é bom sempre ter uma echarpe a mão. Aí você me pergunta: PRA QUÊ? Uma echarpe pode esconder o colo e valorizar o figurino, sim, além de criar outro look caso você perceba que uma criatura abençoada (eufemismo para vaca) teve a brilhante ideia de usar o mesmo vestido que o seu. A echarpe também pode esconder um possível acidente de bebida. Por isso, leve-o sempre na bolsa. Se não se convenceu de que uma echarpe é uma boa aliada, use-a como avental ou para assoar o nariz.

2. CUMPRIMENTO EQUIVOCADO

COLEGA 1: Olá! É seu pai?
COLEGA 2: Não, meu NAMORADO!

Sim, você não pensou antes de setenciar que o namorado de sua amiga é muito velho para ela. Muitas vezes o que você disse não foi maldosamente, mas uma ação impensada. "Desculpe" vai sair como soluço. Às vezes o melhor a fazer é mudar de assunto e cumprimentá-lo.
Caso você seja mesmo amiga da pessoa, em outro momento peça desculpa. Porém valorizar o assunto no instante em que ele acontece só fará com que as pessoas envolvidas fiquem mais constrangidas. Essa é uma situação difícil de driblar, então procure não nomear as pessoas segundo sua percepção. Menos precipitação, meninas! Essa é uma dica PREVENTIVA.

3. ENCONTRO CASUAL COM O EX-NAMORADO NA COMPANHIA DA ATUAL

EX-NAMORADA: Olá!
EX-NAMORADO: Essa é a Suzana, estamos realmente felizes e vamos nos casar em breve. Agora encontrei o amor da minha vida e blábláblá
ATUAL: haha (Essa vaca está nos perseguindo, não é?)

Depende MUITO como o namoro terminou e se vocês se falam, se você ainda gosta dele etc. Se o encontro acontece num shopping, o melhor é fingir que não os viu e sair à francesa. Mas se eles já notaram sua presença, sair pela tangente poderá suscitar o fato de que você ainda se ressente (caso você se preocupe com o que os outros PENSEM), por isso acene ou sorria.

Essas coisas são difíceis de planejar. Certa vez, eu, solteira na época, encontrei meu ex e a namorada no shopping. No momento, eu estava abocanhando um sorvete imenso e tive um ataque histérico ao vê-los bem na minha frente. Não parava de rir, toda lambuzada de sorvete. Quer cena mais LOSER que ser encontrada com um sorvete imenso na mão e solteira pelo seu ex-namorado-feliz-com-a-nova-otária? Não há! Como prevenção, faça como a Kate Winslet: Ande com o Oscar para mostrar como você é poderosa. Tá, exagerei! Na verdade, eu quis dizer para você só tomar sorvete em lugares seguros. Mas se você não se importa com o que o maledeto vá pensar, pergunte se eles querem um pouco do seu sorvete...

4. ALERTANDO A JOSELITAGEM ALHEIA

CRIATURA 1: Já almoçou, né?
FILHO DO NERSON DA CAPITINGA: Sim, como você sabe?
CRIATURA 1: O alface no seu dente é uma ótima pista.

Algumas pessoas não se tocam que estão usando perfume em excesso ou que o desodorante venceu há séculos e nos colocam em situações desagradáveis. Mas como avisá-las disso? Como avisar que alguém está com o dente com um mega-alface? Quando é uma pessoa íntima ISSO fica fácil de resolver. Mas quando não temos contato com a pessoa, essa tarefa se torna complicada.

Outro dia, uma colega de malhação havia tomado banho de perfume antes de ir á academia. E a pessoa aqui estava quase desfalecendo na bicicleta. Pensei um pouco sobre o que fazer e sai do lado da moçoila. No dia seguinte, chamei o professor e, sem dizer A AUTORA DO ATENTADO, pedi para que alertasse os alunos sobre o fato de usarem perfumes durante o exercício físico. Claro, falei muito habilmente, sem prepotência. No dia seguinte, ele conversou com toda turma e (que bom!) a moça não voltou mais daquele jeito.

Muitas vezes, compartilhar O PROBLEMA com uma terceira pessoa (mais chegada) ou, no meu caso, com o líder do grupo para emitir avisos genéricos é uma boa estratégia.


5. PREFIRO NÃO DIZER QUE ELA ESTÁ RIDÍCULA
JOSELITA: Como estou?
CRIATURA: Sua fantasia de botijão de gás está incrível!
JOSELITA: Na verdade, não é fantasia...
CRIATURA: Na verdade, eu quis dizer que... Er... Acho que vi um E.T. ALI, OLHA OLHA!

Às vezes, a pessoa está usando uma calça saruel e como dizer que aquilo é apresentável? Simplesmente NÃO DÁ. Sei que ser sincericida nem sempre é educado, por isso, você pode usar a seguinte fala: Você está se sentindo bem? É o que importa!. Quando ouço essa frase SEI que a pessoa está me chamando de ridícula, mas tudo bem. Ainda assim, acho que é uma boa saída quando não se quer opinar a combinação desastrosa de uma criatura. MAS quando a pessoa é realmente SUA AMIGA, dê uns toques sem magoar, claro. Evitem: PUTA QUE PARIU, como você teve coragem de sair ASSIM? Prefira: Você fica muito mais bonita com aquele vestido...


6. METENDO A COLHER!


TRAIDORA: Ele tem inveja da gente, aquele viadinho-filho-da-puta! Acho que quer me comer!
CORNO: Eu sei, amor.

Descobriu que alguém anda traindo outra pessoa é sempre UM PROBLEMA. O medo de ser tido como um amigo infiel, sacana etc é sempre preocupante. No entanto, desde que o mundo é mundo, ouve-se a frase: EM BRIGA DE MARIDO E MULHER NINGUÉM METE A COLHER. Exatamente. Eles que se resolvam. Finja que não viu, no máximo, se for um amigo muito seu sendo enganado, CONVERSE COM O TRAIDOR e tente persuadi-lo a confessar o erro para o traído.

Mas CONTAR a traição não é uma ideia muito inteligente. Você pode se passar por INVEJOSO e os dois terminarem se entendendo.

7. PARABENIZAR POR UMA GRAVIDEZ quando a criatura APENAS ENGORDOU


CRIATURA EFUSIVA: AMIGA, QUE LINDO! QUANTOS MESES?
PSEUDO-GRÁVIDA-E-ASPIRANTE-A-ORCA: Na verdade, tomei muita água mineral... (balançando a garrafinha)

Impossível inventar uma saída ninja neste caso. Você já magoou a criatura, sim. Isso, você é uma filha da puta. Sim, costuraram uma saia-justa com você dentro. Sua língua, sempre sua maldita língua.

Respire fundo e diga: Faz tanto tempo que a gente não se encontra. Isso mostra que você só ficou surpresa com a aparência dela, e que você não acompanhou a evolução adiposa. Pedir DESCULPA vai sair como ARROTO, porque isso valoriza ainda mais a situação. Prefiro mudar de assunto (e você?).

8. DEVOLVA-ME A GRANA


Seu Barriga: PAGUE O ALUGUEL
Seu Madruga: (fingindo epilepsia)

Você emprestou dinheiro e a pessoa parece ter esquecido. Cobrar grana é complicado. Só dinheiro separa os amigos. A frase AMIGOS AMIGOS, NEGÓCIOS À PARTE é um clichê relutante. A melhor saída é dizer que está precisando da grana (o que não é mentira) e perguntar quando a pessoa terá o dinheiro para pagá-lo. Bem simples. É, SÓ parece simples.

9. NA CAMA, ELE ESTÁ SUJINHO OU FALHA:

MULHER: Que tal transarmos hoje no chuveiro?
CASCÃO: GRANDE IDEIA!
MULHER: Vai na frente! (É mole que eu vou estragar minha escova de R$ 60,00)

O tema já foi abordado aqui. Mas vou ressaltá-lo: Ele está sujinho? Convide-o para um banho, o que é aparentemente sexy. Mau-hálito? Pergunte qual é a primeira letra do alfabeto e catapulte um halls-preto-extra-forte na boca dele. OFEREÇA UM HALLS ao sujeito. E caso ele falhe, nada de risadas. Dê uma nova chance ao moço, às vezes ele não está num dia legal. (Sinto-me quase um anjo escrevendo esse tópico).


10. CUMPRIMENTEI A PESSOA ERRADA MIOPE: SEU CORNOOOO, VOCÊ POR AQUI! HAHAHAHAH (abrindo os braços)
DESCONHECIDO: QUÊ? (dando 5 passos efusivos para trás)

Isso acontece geralmente com quem é MIOPE. A criatura que escreve isso aqui É e sabe o que é correr ao encontro de um estranho. Pior, de forma efusiva e radiante. O melhor a fazer é confessar ao estranho: Desculpe, você parece com um amigo. Esse último item é lógico mesmo, afinal você está lidando com um desconhecido. Não tem porquê se preocupar em parecer NORMAL. Ou faça como eu, culpe a quase cegueira, mostrando o óculos fundo de garrafa ou abrindo bem os olhos para que o desconhecido veja que você usa lente de contato. Ok, eu sei que você não é tão sem noção quanto eu.



Qual dessas saias-justas você já vestiu e como se sobressaiu (rimou)? Conte-nos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Sarita às 00:22

5 comentários:

Mari Souza on 7 de março de 2011 04:50 disse...

Nooossa essas situações são tensas mesmo... na hora do nervosismo vc nem sabe oq falar pra escapar! heuaue

gostei muito do post!

SEGUEAE: @mariicake

Lolita disse...

A que me deixa mais é puta é querer perguntar se o homem/mu,her mais velha na cia de um (uma) amigo ) é pai ou mãe do indíviduo...nossa chego a morder a lingua evito até o encontro.O lanbce da barriguinha saliente que parece gravidez já aconteceu com quase todo mundo e depois que inventaram a moda das batas piorou....até eu já passei por isso e é o óooo.

Valeu!

Marilisa disse...

Nossa, que saias justas mesmo...kkk
Gostei muito do teu blog e estou seguindo. Aguardo tua vista lá no meu.
Abrçaos

Neurônios Escassos on 7 de março de 2011 23:44 disse...

Boas dicas! Mas no caso da primeira foto, as moças estavam de roupas iguais pois faziam parte de uma ação de marketing da marca Seda. Você pode ver pelo logotipo estampado nos vestidos.

biah on 8 de março de 2011 00:55 disse...

nooooossa, ri MUITO dos seus comentários! XD
e sim, vc achou alguém tão sem noção quanto vc... EU! pq eu sempre faço dessa de ir correndo, agarrar as pessoas e gritar 'gostosaaa' pra elas e depois ver q eu não conheço...
aí eu chego pra pessoa e falo "nossa, vc não é fulana, né?!" e saio andando kkkkkk

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino