sábado, 23 de agosto de 2008

Ogra, um animal peculiar.






Sim, eu demorei demais pra fazer um post sobre a Ogra, meu yorkshire destruidor e fofo. Sou muito apegada a ela, ela nasceu aqui em casa e foi o único filhote que nos restou (a mãe morreu, um filhote morreu, outro vendemos e eu nunca mais o vi =( ). Ela é um cão peculiar e eu sempre acho que ela é um cão melhor do que os outros...

Primeiro porque, ela cabe na bolsa. Nada pode ser mais engraçado do que ela no frio só com a cabeça pra fora da bolsa, olhando o mundo. De manhã não existe nada mais interessante do que ser acordada por suas patinhas suaves andando em cima das cobertas. Ela dorme que nem gente, com a cabeça no travesseiro, se viro de costas, ela encosta suas costas nas minhas, se viro de frente, ela vira de frente "patas com mãos".

As pessoas se espantam quando falo dela, porque, sempre invento diálogos pra tudo ficar mais interessante, sempre comento "aí a Ogra me disse..." "espere! Como assim ela te disse?" "Força de expressão! É claro que ela nem fala!" e eu fico roxa de vergonha, as pessoas não tem mesmo senso de humor, a verdade é que se ela pudesse falar teria muito a dizer e eu acho que ela diz muito sem dizer nada. Se estou triste ela se senta na beirada da cama e suspira, se estou feliz ela abana o rabinho, consegui ensinar ela a sentar e nem mesmo preciso agradar ela com biscoitos para isso. Ela me recepciona sempre com alegria e nunca me julga quando faço bobagem. É uma amiga verdadeira e sei que posso contar com ela nos próximos 14 anos.

Depois... depois quero ter um pug!

Ela odiou a idéia, emburrou e me chamou de traidora do movimento, vou lá tentar oferecer um biscrock.



xoxo


Jules


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por CF às 17:03

0 comentários:

 

Corporativismo Feminino Copyright © 2009 Baby Shop is Designed by Ipietoon Sponsored by Emocutez Edited by Blog Feminino